Noite completa

05/02/2016

Com três jogos de tirar o fôlego, a rodada do NBB foi quente. Melhor para Flamengo, RIo Claro e Sorocaba, que batera respectivemente Paulistano, Mogi e Macaé.

No interior paulista, o Rio Claro bateu o Mogi das Cruzes por 98 a 84, e chegou assim a terceira vitória consecutiva no NBB8. O triunfo quase centenário reflete a fase do Leão, que cresceu muito de rendimento com a chegada de Dedé, que conseguiu dar liga ao time, e sabe tirar o elhor de cada atleta em busca de intensidade.

O treinador chegou em novembro, e transformou a capanha da equipe. Antes de sua chegada, o time disputou seis jogos, com 16% de aproveitamento. Com 14 jogos a frente da equipe, Dedé alcançou 57%, e colocou a equipe na briga pelo G8. 

Um jogador que vem crescendo de produção com o coandante é Tatu, que na noite de ontem deu 8 assistências e ainda somou 20 pontos. Para vencer, a equipe neutralizou o garrafão mogiano, que só contabilizou 25 pontos, e apanhou 12 rebotes a enos que os mandantes.

 

       Teichmann é o principal nome da equipe no NBB / Fillipo Ferrari

 

O Mogi só não se complicou ainda mais porque viu o Paulistano cair para o mais líder do que nunca Flamengo por 75 a 65. Assim, a diferença na caça ao G4 segue a mesma.

O jogo foi marcado por muitos erros e precipitações, além do já esperado equilíbrio. A equipe de Gustavinho começou melhor o jogo, e foi até a metade do segundo quarto na frente, quando as bolas de fora deixaram de cair e com Caio Torres em noite atípica viu o Fla empatar.

No terceiro quarto o jogo do embalado Flamengo - somou a 10 vitória consecutiva - funcionou, e a equipe abriu frente, com infiltrações de Marquinhos e bolas longas de Marcelinho. Toyloy tentava manter o clube paulista na cola. O fla perdeu no período a chance de matar o jogo, e teve de nos minutos finais frear a reação dos visitantes que foram cortando a vantagem. Aí foi o momento de Rafa Luz acertar a mão e decretar vitória rubronegra.

Não muito longe dali, em outro confronto de cariocas e paulistas, melhor para os paulistas. A Liga Sorocabana bateu o desfalcado Macaé e dentro de suas possibilidades mostra evolução. Neto, mais longe da cesta, e Fab Melo, que já tem média superior a dez pontos por jogo.

Sem seu armador principal, Claeb Brown, a equipe local sentiu dificuldades na armação, e nem mesmo o excelente jogo de Eddy foi capaz de evitar a derrota.

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags