Com último quarto arrasador, Mogi bate o agora segundo colocado Bauru.

27/02/2016

Atrás em boa parte da partida, equipe se aproveita da instabilidade defensiva e emocional de Bauru, para seguir 100% em casa, com um placar de 85 a 79.

 

O Mogi começou melhor, e com Tyrone e Jimmy ligados, abriu 13 a 5 logo de cara. Mas Bauru encostou no marcador com colaboração Murilo e Meindl. Assim o equilíbrio permaneceu até o final de um primeiro quarto de boa marcação, mas que terminou com vitória magra dos locais por 18 a 17.

 

Com muitos desfalques Bauru, que vinha cozinhando a partida, surpreendeu o adversário. Guiado por Alex na armação, e com Jefferson inspirado no perímetro, a equipe abriu doze pontos de frente, obrigando Padovani parar o jogo. Nos minutos finais, o Mogi melhorou com rebotes ofensivos e cesta de Larry foi para o intervalo cinco pontos atrás, 40 a 35.

 

  Com 4 vitórias em 5 jogos essa temporada, Mogi tem sido pedra no sapato dos bauruenses. / Caio Casagrande

 

Com ligeira vantage no marcador, Bauru tratava de manter a curta porém importante vantagem para sair do Hugão com a liderança mantida. Assim, trocando cestas, Bauru respondia com Jefferson e Wesley as investidas de Jimmy, e assim vencedo a parcial por 23 a 22, entrou com seis de frente no quarto final.

 

Mas desligado na defesa, e vendo Lersch em inspirado ao anotar três bolas seguidas de fora, não só viu a diferença cair, como ficou seis pontos atrás no placar. Ricardo foi chamado para, no sacrifício, guiar Bauru a uma recuperação. A equipe porém continuava errando nas dobras, e viu Shamell colocar a bola embaixo do braço e comandar a virada mogiana. Ainda deu tempo de Bauru perder a cabeça após erros da arbitragem. Assim Mogi teve maturidade e consistência para  na base do lance livre, sacramentar a vitória, a segunda em uma semana, e se consolidar na luta pelo G4 do Novo Basquete Brasil.

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags