De forma heroica, Bauru avança à final!

12/03/2016

Foi com garra, superação, e com o coração na pontas dos dedos que o Bauru selou a histórica classificação a decisão da Ligas das Américas 2016! Após estar 17 pontos atrás no marcador, a equipe paulista viu os alas chamarem a responsabilidade, e bateu o Flamengo por 83 a 81.

 

      Atletas e comissão comemoram a vaga, pelo segundo ano consecutivo, à final. / Caio Casagrande 

 

A equipe que entrou desfalcada de Paulinho e Hettsheimeir- e ainda perdeu Ricardo Fischer e Alex durante a patida - defende o bicampeonato na noite de sábado, às 21 horas diante do vencedor do duelo entre Mogi e Guaros.

O Flamengo agora foca suas atenções na disputa pelo terceiro lugar, no mesmo dia, mas um pouco mais cedo, às 18:45.

 

O jogo

Com espírito de batalha encarnado pelos jogadores, em especial Alex e Murilo, o Bauru conseguiu com defesa alta e tranquilidade, abrir vantagem no início da partida. Os 10 pontos de frente que a equipe abriu proveniente dos arremessos longos de três e presença de Murilo junto à cesta, foi rapidamente cortado por Olivinha e Meynsee. Com uma corrida de 17 a 7, o Flamengo igualou a parcial e entraria com moral para o segundo quarto.

Na volta pra quadra o jogo seguiu parelho, e muito bem representado pela figura dos dois armadores. Fischer, de um lado, e Luz, do outro, buscavam caminhos para fazer o jogo coletivo fluir. O time rubronegro, aproveitando-se de uma melhor participação de todo o elenco, desgarrou no final do quarto, quando contou com bom jogo na área pintada em infiltrações para fechar o primeiro tempo em ligeira vantagem, 45 a 39. 

Com trocas de bolas do perímetro, os ataques voltaram calibrados, mas um apagão no sistema refletiu em quadra. Quem sentiu mais as duas pausas por problemas no relógio, foi o atual campeão da américa, que com pouca movimentação - até por questões físicas -, propiciou contragolpes aos comandados de Neto. Na parcial, 3 bolas externas - duas de Robinson e uma de Mineiro -, foram determinantes para o líder do NBB abriu 17 de frente. Com mais infiltração, Bauru apresentou leve melhora nos instantes finais, e com lances livres de Alex foi para o quarto final com 11 pontos de desvantagem.

 

Para buscar a vaga na decisã, Bauru precisaria de um quarto impecável, em que superasse as adversidades, e foi o que aconteceu. Mesmo com os desfalques e com peças importantes penduradas, Bauru ajustou a marcação em boa parcial dos alas.

 

                    Ala bauruense foi o cestinho do duelo, com 17 pontos. / Caio Casagrande



Duas bolas certeiras de Jefferson foram o impulso para a heróica recuperação bauruense. Contendo as infiltrações e se aproveitando dos erros do adversário na linha do lance livre, Bauru foi cortando aos poucos a liderança rubronegra. A bola queimava na mão dos jogadores cariocas, e a virada veio após cinco pontos consecutivos de Meindl, com direito a bola longa após bloqueio de Murilo. Sem ferir o adversário, o Flamengo ainda viu Day entrar no jogo. O ala, com 9 pontos na parcial decretou a vitória bauruense na linha do lance livre.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados