Cearense ajusta a defesa para bater o Bauru

18/03/2016

O Basquete Cearense bateu na noite de ontem o Bauru Basket por 90 a 86, em um jogo pra lá de equilibrado. O resultado garante a manutenção da equipe de Bial no G4; já os paulistas caem uma posição na tabela, e agora ocupam a terceira colocação, atrás do Paulistano, que leva vantagem nos critérios de desempate.

 

Para bater o remendado mas qualificado Bauru, os mandantes tiveram de mostrar-se em alto nível, o que não foi visto no primeiro tempo, quando Bauru dominou o jogo, guiado por Gui Santos, que substitui Fischer na armação, e Murilo e Day na pontuação. 

 

O começo irretocável dos visitantes, que chegaram a abrir 23 a 7, rompeu com qualquer prognóstico de jogo mais tranquilo em virtude dos cinco desfalques. Bauru defendia muito forte, e em transição foi abrindo frente. Nos minutos finais do quarto, com boa participação de Davi, o carcará respondeu e minimizou a vantagem Bauru para, ainda expressivos, 11 pontos.

 

A postura defensiva, agressiva da garotada do Bauru continuava a fazer a diferença, e assim, os comandados de Demétrius conseguiam castigar nos contragolpes, agora com Meindl e Eltink no perímetro. Bial foi promovendo trocas, mas não conseguia romper a sólida defesa bauruense, que conseguia aquele momento tirar os alas do Cearense da partida. Mesmo sem a efetividade de Duda e Toledo, aquele momento, a resposta veio com Audrei e Leozão. Assim, com 23 a 22 na parcial, Bauru foi para o intervalo com 12 pontos de frente no marcador.

 

    Em alta, joia bauruense chegou a seu primeiro double double, 16 pontos e 11 assistências. / LC Moreira

 

O intervalo foi essencial para a mudança de postura cobrada por Bial. A equipe voltou melhor posicionada, e se aproveitando da menor rotatividade do elenco adversário foi cortando a diferença. Davi seguia distribuindo o jogo como de costume, e com a melhora de Duda e de Toledo, o Basquete Cearense chegou a igualdade em 66 pontos, quando limitou Bauru a 12 pontos na parcial. 

 

A torcida se inflamou, e a conexão foi sentida em quadra. Mantendo a proteção à cesta, a equipe não só passou a frente como chegou a colocar dez pontos de frente em quarto destacado no ataque. Bauru, que fora melhor na partida, esboçou uma reação nos instantes finais com chutes certeiros de Day, mas sucumbiu diante de uma equipe completa, forte, e que empurrada pela torcida se encontrou durante a partida.

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags