Contendo a força do adversário, Pinheiros traz na mala o jogo 5!

13/04/2016

O Pinheiros, em boa exibição defensiva, conseguiu um grande resultado na noite dessa terça-feira. Jogando fora de casa, e precisando da vitória para manter-se vivo na competição, a equipe paulista bateu o anfitrião Minas por 85 a 67.

 

O resultado força a realização do quinto e derradeiro jogo, que será disputado sexta, na capital paulista, às 20 horas, com transmissão do SporTV.

 

Intenso desde os minutos iniciais, a equipe estancou a força do adversário. Sem permitir jogo dos alas, que não acertaram bolas do perímetro, a equipe distribuiu a pontuação no ataque para vencer em solo mineiro.

 

O JOGO

 

Precisando do resultado positivo, o Pinheiros entrou ligado, e com boa marcação conseguiu desenvolver seu jogo. A marcação sobre Coelho, que não conseguia encontrar espaços fez com que a defesa se sobressaísse e desse tranquilidade para o ataque desenvolver o jogo coletivo, mas com ampla participação de Holloway e Lucas Dias. Ambos converteram duas bolas de fora, além das infiltrações do americano, que guiou sua equipe ao triunfo parcial, 16 a 23.

 

           Alto e com velocidade, Lucas Dias deitou e rolou em cima de Sosa. / Orlando Bento

 

A dupla continuou causando estragos aos mandantes, e a vantagem chegou aos dígitos duplos. O Minas, jogando ao lado de sua torcida, reagiu. Shilton, que já tinha feito um bom primeiro quarto, dominou os rebotes, especialmente os defensivos. A saída em velocidade com Siqueira, que veio do banco, foi o desafogo que recolocou a equipe na partida. Simmons no lado oposto também fez boa parcial, com 7 pontos, e assim o placar apontava leve vantagem para os visitantes ao final do primeiro tempo, 44 a 40.

 

O intervalo não esfriou a mão de Siqueira, que infiltrava com facilidade para manter sua equipe na cola do adversário. O Pinheiros, girava melhor a bola, e contou com bom período de Humberto para voltar a abrir sólida vantagem. Depois de duas bolas de três, de Bennett e Renan, sem contestação, o jovem acertou outra do perímetro para elevar a vantagem dos paulistas a 16 pontos.

 

Pedindo concentração a seus companheiros para não permitir nova reação dos mineiros, Humberto ajudou a assegurar a margem no marcador. Isolando a linha de passe que buscava Sosa e Demétrius (ambos saíram zerados), o Pinheiros conseguiu deixar a bola nas mãos de arremessadores com menor aproveitamento, que por vezes, na ansiedade precipitavam arremessos. Assim, trocando cestas, os visitantes carimbaram a vitória que muda completamente a série. Após sair de um 2 a 0, a equipe entra com moral, para dentro de casa, buscar a vaga a próxima fase.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags