Na volta de Demétrius, Alex brilha e Bauru vence Rio Claro.

16/09/2016

     No retorno de Demétrius Ferracciu ao comando bauruense, o Dragão sofreu diante do qualificado adversário, mas soube se impor no segundo tempo para vencer a segunda consecutiva, agora por 73 a 67 diante do Leão. 

 

         E para sair de quadra com o triunfo, a equipe contou com grande contribuição de Alex Garcia. O brabo foi um líder não só na pontuação, mas também no espírito da equipe. O ala deixou a quadra com 23 pontos e 9 rebotes, se aproximando do double double. Pelo lado do Rio Claro, que jogou desfalcado do armador Eric Tatu e do pivô Alemão, destaque para Gui Deodato, que votando a atuar no Panela de Pressão, anotou 22 pontos.

 

        O ex jogador do Bauru comentou o resultado negativo: "Prejudica nossa classificação, mas fico feliz pelo nosso jogo. Nossa equipe jogou o tempo inteiro na frente, ou empatado, mas não soube fechar o jogo. Mas Bauru está de parabéns pelo time que tem, pelo que fez na partida."

 

        Do outro lado, Demétrius falou sobre o triunfo e a luta bauruense pelas vagas restantes ao playoff: "Precisamos ajustar muita coisa ainda, é só um começo de trabalho, mas devido à situação tivemos de antecipar algumas etapas. Não era hora ainda dos jogadores atuarem por 32, 38 minutos. Com a vitória dos concorrentes diretos tivemos de mudar nosso planejamento em busca dessas vitórias, mas nossa equipe é experiente e sabe jogar com pressão. Isso desperta um algo a mais para buscar essas vitórias."

 

      Com o triunfo, o Bauru chega à quatro vitórias em 15 jogos, entrando, por aproveitamento no G8 da competição. Já o Rio Claro segue na sexta colocação com sete triunfos em quinze partidas.

 

O JOGO

 

         A partida começou com Bauru na frente, mas essa não foi a tônica do primeiro tempo. Valtinho roubou bola e serviu Alex, que cravou para inaugurar o marcador. Mas a recuperação do Rio Claro foi imediata. Saindo dos bloqueios em miss match, os armadores da equipe visitantes pontuaram, e após bola de Matheus Dalla, do perímetro, colocaram 7 a 2 no placar.

 

      Com o adversário na dianteira, Alex chamou a responsabilidade. No lance livre, e em contragolpe, o brabo fez o ataque bauruense voltar a funcionar, 10 a 8. Após trocas de cestas, Hettsheimeir, na linha do lance livre, deu números finais ao primeiro quarto, vencido pelos visitantes, 17 a 15.

 

          Na volta para a segunda parcial, as equipes apostaram em estratégias distintas. O Rio Claro calibrou a mão e converteu duas bolas de fora, com Dedé e Gegê, enquanto que o Bauru respondeu no jogo interno, com Leo Meindl e Michael, para não deixar o adversário desgarrar, 23 a 19.

 

        Mas o Leão continuava impecável no perímetro, e com mais três bolas de fora, tirou Demétrius do sério com o sistema defensivo bauruense. A resposta bauruense veio com uma formação mais leve, com dois armadores, e manutenção das ações ofensivas, que privilegiavam o trabalho na área pintada. Dessa forma, Alex, Hettsheimeir e Leo Meindl equilibraram a parcial, 28 a 36. O cenário seguiu até o final do primeiro tempo, com vitória do Leão, 40 a 33.

 

 Leo Meindl teve grande atuação. Foram 15 pontos e 7 rebotes. /Caio Casagrande

 

         A postura agressiva do Bauru no início do segundo tempo fez com que a partida pegasse fogo. Sem dar espaços ao trio Gegê, Gui e Dalla, que era responsável por 75% dos pontos da equipe de Dedé, Bauru soube sair em transição e castigou o adversário. 

 

        Hettsheimeir, próximo à cesta, Leo Meindl à média distância e Alex, não levaram o Dragão somente ao empate, como também à virada, logo no início do terceiro período, 49 a 46. Depois de alguns minutos, que as defesas prevaleceram, Gui Deodado voltou a converter bola do perímetro, para dar números finais ao terceiro quarto, deixando a partida totalmente aberta, 51 a 51.

 

         Os primeiros minutos do último quarto foram de muito equilíbrio. Shilton se destacava pela forma com que protegia o aro e se atentava aos rebotes, enquanto que Leo Meindl puxava a pontuação dos mandantes; do outro lado, Gui Deodato respondia à altura, mantendo a igualdade no marcador, 58 a 58.

 

        Duas boas defesas dos mandantes, permitiram Bauru, em superioridade numérica, conseguir desgarrar no marcador após protagonismo de Leo Meindl. O ala converteu bola da zona morta, e na sequência, serviu Shilton, que com tranquilidade, colocou na cesta, 63 a 58.

 

       Gegê bem que tentou responder, com bola da cabeça do garrafão, mas após cesta de Eltink, Dedé cometeu falta técnica que Valtinho não desperdiçou, colocando 68 a 60 a favor da equipe de Demetrius Ferracciu. 

 

     O Leão pressionou e até teve a oportunidade de empatar após cesta de Dedé, mas não converteu. Bauru capturou o rebote, trabalhou a bola, que sobrou para Hettsheimeir na zona morta. O pivô bauruense caprichou, liquidando a partida, 73 a 67.

 

 

JEFFERSON PUNIDO

 

        Enquanto atletas e comissão técnica mediam forças com o Rio Claro, o departamento jurídico do Bauru batalhava para defender Jefferson William. Se no Panela o Bauru saiu vencedor, em São Paulo o resultado não foi dos melhores. 

 

      O ala-pivô, que foi expulso diante do Paulistano, foi denunciado e punido com três partidas. Como já cumpriu dois jogos, ele ficará de fora contra o Mogi, retornando para os dois últimos compromissos do Bauru, diante de Pinheiros e XV.

 

    Bauru tentará entrar com efeito suspensivo para anular a decisão forçando um novo julgamento.

 

SALÁRIOS ATRASADOS

 

     Infelizmente o Leão passa por um situação nada agradável. Sofrendo com a falta de patrocinadores, a equipe segue devendo salários aos jogadores, como externado por Dedé, no início do mês.

 

     Um dos pilares da equipe, Gui Deodato, comentou sobre o delicado assunto: "Estamos conversando com o pessoal e estamos acertando essa situação. Acho que o mais importante, diante dessa dificuldade, é a gente manter o foco. Nada, nada, pode tirar nosso foco, até porque a maneira que o país se encontrar, qualquer um acaba ficando sujeito. Infelizmente está acontecendo conosco, mas não está faltando comprometimento, estamos dando nosso melhor e esperando que eles façam a parte deles fora de quadra."

 

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags