Paulistano se recupera diante do líder

16/09/2016

       Em uma partida de tirar o fôlego, o Paulistano fez valer o mando de quadra para fazer as pazes com a vitória diante do líder Mogi das Cruzes, na prorrogação por 82 a 80. Com o resultado, a equipe da capital segue na luta por um posicionamento melhor dentro do G4, e minimiza as chances do Osasco de entrar no pelotão da frente, que decidirá em casa as quartas de final. O Mogi, por sua vez, acumula a terceira derrota consecutiva, e agora já não tem mais a gordura na classificação obtida após começo impiedoso com 12 vitórias em sequência.

 

        Para sair vencedor, o Paulistano contou com a excelente participação de  Lucas Dias. O jovem talento deixou a quadra com 29 pontos e 6 rebotes, tendo convertido seis bolas de três pontos em oito tentadas. Lucas ainda foi superado por Shamell na pontuação, mas o ala mogiano, que terminou a partida com 31 tentos, não evitou o revés diante do quarto colocado.

 

 Alas protagonizaram um duelo a parte. /Cairo Oliveira

 

       A chave da vitória foi efetividade. Após um primeiro tempo de muitos erros, os mandantes viram os visitantes recuperarem bolas importantes com Larry Taylor, e sair em transição para abrir vantagem. Assim, a desvantagem de apenas três pontos (29 a 32) foi comemorada, já que a ineficiência no perímetro minava o ataque dos mandantes, que se mantinha na partida devido ao alto aproveitamento no jogo interno - 70% ao intervalo. O Mogi seguia a frente mas perdia ali a oportunidade de desgarrar no marcador, após um primeiro quarto efetivo com Shamell e Caio Torres.

 

      A entrada de Pecos na equipe ajudou a construção das jogadas ofensivas. Com mais velocidade, o Paulistano feriu o sistema defensivo de Guerrinha, e tanto o armador, quanto Lucas Dias pontuavam do perímetro. Shamell tentava responder, mas os coadjuvantes do adversário foram mais eficientes. Por fim, com grande desempenho de Filipin, aliado à constância de Shamell, o Mogi conseguiu igualar a partida e forçar a prorrogação, porém tanto no tempo normal, quanto na extensão falhou na última bola e saiu derrotado.

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags