Com ótimo segundo tempo, Bauru chega a sétima vitória consecutiva

22/02/2017

   O Bauru deu sequência ao ótimo momento que vive na competição, ao bater na noite dessa terça feira (21), o Vasco por 90 a 64, na capital fluminense. O resultado elástico foi construído especialmente no segundo tempo, quando o Bauru ajustou sua defesa e impôs 54 a 26.

 

   Com o triunfo, a equipe de Demétrius chega a quatorze triunfos em vinte jogos, colocando ainda mais pressão no Flamengo, que com a vitória sobre a Liga Sorocabana mantém vantagem na tabela. Já o cruzmaltino segue com onze resultados positivos, mas agora em vinte e duas partidas.

 

 Vasco sofreu com a forte defesa bauruense (Paulo Fernandes).

 

   Diferentemente do que se esperava, Bauru até aproveitou os desfalques do rival, que sofre com as lesões de David Jackson e Fiorotto, além do mal estar de Murilo. Mas, foi longe do desfigurado garrafão vascaíno, que o Dragão construiu sua vitória. Durante toda a partida, os visitantes emplacaram 13 bolas do perímetro. Destaque para Jefferson, cestinha do confronto com 23 pontos.

 

   Os mandantes, sentiram demais a ausência de seus três titulares, especialmente quando Bauru passou a vigiar melhor Wagner, que sem a bola, por meio de bloqueios, rebotes, vinha sendo muito efetivo para o cruzmaltino.

 

   As equipes voltam a quadra já nessa quinta feira (23). O Vasco, que vem de três derrotas consecutivas, tentará a reabilitação diante do embalado Franca. Por sua vez, Bauru, que acumula sete resultados positivos em sequência, vai até o sul medir forças com o Caxias.

 

O JOGO

 

   Embalado pelo bom momento dentro da competição, o Bauru começou melhor. Dificultando as ações do ataque cruzmaltino, o Dragão apanhou rebotes com o ala pivô Jefferson e em sequência de Gegê e Alex, saiu na frente. Aos poucos o Vasco passou a explorar melhor o pick and roll, com Nezinho e Wagner, equilibrando a parcial. Mas apesar da melhora dos mandantes, os paulistas, que estiveram a frente durante todo o período, emplacaram duas bolas de fora, com Gegê e Jefferson, fechando o quarto em 20 a 17.

 

Gegê anotou cinco das seis bolas que tentou do perímetro (Paulo Fernandes).

 

   Na volta para o segundo quarto, Jefferson até que foi preciso nos arremessos, mas com a dificuldade do Dragão em se ajustar diante de uma defesa por zona do Vasco, o cruzmaltino embalado pela boa contribuição de Helio e Márcio, passou a frente no marcador. Se a equipe de Demétrius encontrava dificuldades para defender e também para entrar no garrafão cruzmaltino, foi através dos rebotes ofensivos de Shilton e dos tiros longos de Jaú e Jefferson que a equipe da Cidade Sem Limites encostou no marcador, 38 a 36.

 

   Com uma defesa mais ligada, atenta aos bloqueios e ao lado oposto, Bauru conseguiu lidar melhor com o trabalho de pick and roll do Vasco, e assim, saindo em transição, imprimiu seu tradicional jogo de transição. Rotacionando bem a bola, conseguiu distribuir bem a pontuação entre seus atletas, para colocar a diferença na casa dos dígitos duplos. Sem muita movimentação, o cruzmaltino até chegou a pontuar em jogadas individuais de Nezinho, mas os visitante seguiam melhores, e após infiltração de Leo Meindl, deram números finais ao terceiro período, 60 a 46.

 

   Se a tarefa de Nezinho e companhia seria dura, devido a grande vantagem do Dragão, ela se tornou ainda mais complicada, para não dizer impossível, no início do último quarto. Com boa distribuição de Alex, o Dragão colocou 19 pontos de frente após bolas certeiras do perímetro de Jefferson, Gegê e Gui. Mesmo com a vitória bem encaminhada, Bauru seguiu demonstrando seriedade e equilíbrio. Assim, com Gui aparecendo mais para o jogo, fechou o duelo em 90 a 64.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados