Confira os nossos escolhidos para o Jogo das Estrelas

06/03/2017

   O final de semana das estrelas do Novo Basquete Brasil está chegando, e com a proximidade do evento, muita expectativa. Algumas novidades e atrações já foram reveladas, mas ainda não conhecemos os quintetos titulares do NBB Brasil e do NBB Mundo. Isso porque, o seu voto vai definir quem sai jogando. E você que não votou, e quem já votou também, pode dar mais um voto clicando aqui!

 

   Com boas opções dos dois lados, e em diversas posições, optamos por valorizar o trabalho desenvolvido pelos atletas ao longo da temporada. É claro que há muitos bons valores que acabamos deixando de lado, e, de certa forma, que bom que há. Isso mostra, que mesmo em meio a crise que vive o basquete nacional, e a economia do país, o campeonato mostra força.

 

 Nossos quintetos ideais (Reprodução)

 

   Diante dos bons valores que acabaram ficando de lado, queremos levantar a bandeira por uma partida entre os jovens, algo parecido com o que há no All Star Weekend da NBA. Assim, os jovens que ainda em desenvolvimento, vem chamando a atenção, podem ter os holofotes que merecem. Afinal de contas, quantas jóias mais precisaremos perder para o mercado internacional para só depois dar o devido valor?

 

   Pois bem, sem mais delongas, esses são os nossos escolhidos para sair jogando! Mas, mais do que expor nossas escolhas, queremos saber a de vocês. Então, mande para nós os quintetos titulares de vocês também!

 

NBB BRASIL

 

   A responsabilidade de fazer o Time Brasil jogar, ficará com ele, Fúlvio. Um dos grandes nomes da história do NBB, o armador do Brasília vive ótimo momento, e com médias impactantes (11,7 pontos e 6,8 assistências) vem conduzindo sua equipe ao topo da classificação. Além de municiar muito bem seus companheiros, o camisa 11 dos Lobos tem chamado a responsabilidade na definição das partidas, como diante da Liga Sorocabana.

 

   Foi difícil deixar Alex Garcia de fora, mas é preciso dar uma vaga à Betinho, do Campo Mourão. O Brabo até tem feito uma grande temporada, sendo, na ausência de Hettsheimeir, o líder bauruense, com médias de 16,8 pontos e 5,2 assistências. Mas, se não bastasse o feito de conduzir o caçula ao playoffs de forma antecipada, Betinho, com média de 20,3 pontos por duelo, é o cestinha do NBB9, ao lado de Shamell. 

 

 Presença no Jogo das Estrela coroa melhor momento da carreira de Betinho (Reprodução)

 

   Completando a ala do nosso time ideal, Marquinhos. O rubronegro que sempre teve a seu lado, peças do mais alto nível, precisou colocar a bola debaixo do braço para manter o Flamengo na liderança do campeonato. Depois de um começo arrasador (8-0), o pentacampeão brasileiro sofreu com as lesões, especialmente de seus armadores, Fischer e Humberto. A sequência negativa do final do primeiro turno acabou custando a liderança, mas o atleta da seleção brasileira chamou a responsabilidade e, com 19 pontos e 3,2 assistências, recuperou a ponta da classificação para sua equipe.

 

   Companheiro de Marquinhos, Olivinha aparece como ala-pivô do NBB Brasil. Sendo muito efetivo no tempo que aparece em quadra (um pouco menor do que em temporadas anteriores), o jogador tem atuado mais próximo do garrafão, e foi por ali que conseguiu um feito incrível. Com 14,2 pontos e 10,9 rebotes, Olivinha ostenta o fato de ser o único atleta a possuir um duplo duplo de média, algo extremamente raro!

 

   Quem fecha com grande estilo esse time fortíssimo, é Lucas Mariano. O pivô, que vive a melhor fase da sua carreira, tem sido dominante na área pintada, seja no ataque, quanto na defesa. Com muito vigor físico e qualidade, o jovem jogador acumula médias de 18,2 pontos e 6,8 rebotes, sendo decisivo para a bela campanha do Brasília, vice-líder do NBB.

 

NBB MUNDO

 

   Com um estilo de jogo um pouco diferente, mas não menos efetivo, Dawkins fez por merecer uma vaga no quinteto do Time Mundo. O armador norteamericano, que desde os tempos de Sorocaba, mostra um interessante arsenal ofensivo, soube compreender a proposta de Régis Marrelli. Mais ligado no aspecto defensivo, mas sem deixar de lado as jogadas em velocidade, que lhe rendem 16,3 pontos de média e 5,2 de assistências, o armador, assim como toda a equipe do Vitória, conseguiu surpreender à todos com a bela campanha até o momento.

 

   Para auxiliá-lo, um velho conhecido, Holloway. Ex companheiro de Dawkins, Holloway, assim como faz com Bennett no Pinheiros, pode desempenhar um papel muito interessante nesse Jogo das Estrelas. A similaridade que tem no estilo de jogo, de buscar sempre as infiltrações em velocidade, faz com que ambos possam se revesar nas funções 1 e 2, sem perder poderio ofensivo, já que o jogador possui 18,8 pontos por combate.

 

   Como não poderia deixar de ser, o MVP do último Jogo das Estrelas merece figurar no quinteto titular. Se não bastasse o desempenho avassalador na edição passada, quando atuou em casa, e guiou os gringos a uma vitória na prorrogação, Shamell tem feito uma grande temporada pelo Mogi das Cruzes. Após vencer Paulista e Sulamericana, o ala, cestinha do campeonato (20,3 pontos), tem sido a válvula de escape dos Mogianos, já que a equipe tem sofrido um pouco com o aspecto físico decorrente da antecipação da pré-temporada.

 

 Norteamericano busca a manutenção do título de MVP (FotoJump).

 

   Companheiro de Shamell no Mogi, Tyrone é o escolhido para exercer a função de ala-pivô. O jogador, que recentemente se envolveu em uma série de confusões e chegou a ser punido, mostra que, quando focado, sabe tratar bem a bola laranja. Com versatilidade para atuar dentro e fora da área pintada, Ty acumula 15 pontos e 6,6 na equipe do Alto Tietê.

 

   Para fechar o Time Mundo, ficamos com Maynard. Ainda se adaptando ao basquete nacional, o pivô consegue demonstrar força no garrafão, e com médias de 15,2 pontos e 7,5 rebotes tem conduzindo o Minas aos playoffs. É verdade que não possui tanta técnica quanto os demais presentes nas duas equipes, mas faz muito bem o papel sujo que cabe a um pivô cincão.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados