A arrancada mogiana

Já não é de hoje que você escuta: defesa ganha jogo. É, desde que o basquete começou a ser disputado, ainda nos Estados Unidos, a preocupação com o sistema defensivo se faz presente, e em um campeonato tão equilibrado como o Novo Basquete Brasil, um ajuste correto pode render bons frutos.


Depois de um começo de temporada consistente, com dois títulos, Paulista e Sulamericano, Mogi acabou acusando o golpe. Tamanha intensidade aplicada nos campeonatos, fez com que a equipe do Alto Tietê sofresse com as lesões provenientes do desgaste físico, no início do NBB. Com a recuperação de algumas peças importantes, como Caio Torres e Larry, os paulistas tiveram mais opções para trabalhar, visando o G4.


Mas o segredo do bom momento mogiano, é a melhora defensiva. Ao longo de sua série invicta, de seis confrontos, Mogi enfrentou adversários que possuem características distintas, mas diante de todos eles, conseguiu neutralizar suas peças, para sair com as vitórias.


Jimmy tem sido fundamental nos dois lados da quadra (Antonio Penedo).

Para se ter uma ideia, Mogi, sofreu 66,5 pontos de média nessa bela sequência. Como resultado, tornou-se a melhor defesa do campeonato, baixando de 76,26 pontos sofridos para 73,92, deixando para trás defesas sólidas como a do Bauru e a do Vitória, que vem logo atrás, com 74 e 74,3 de média, respectivamente. Não à toa, o Dragão e o Leão brigam pelo mesmo objetivo na competição.


Com o sistema defensivo bem montado, a equipe de Guerrinha pôde explorar o que tem de melhor, o jogo em transição. Explorando a velocidade e a superioridade numérica, os paulistas tiveram tranquilidade para construir os resultados positivos, sempre procurando companheiros melhores posicionados, em situações que chamamos de cestas fáceis.


Shamell é a referência mogiana dentro de quadra (Antonio Penedo).

Quando a defesa é vazada, e a equipe perde o contra-golpe, conta ainda com o cestinha do campeonato, Shamell. O ala, que anotou 20,33 pontos nos últimos jogos, tem chamado a responsabilidade e resolvido os jogos quando eles tornam-se complicados. Assim, Mogi tomou a segunda colocação do Brasília, e briga, agora, pela liderança do campeonato.

Postagens Recentes
Arquivo
Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados