Em jogo emocionante, Paulistano sela vaga nas quartas

19/04/2017

   Em uma partida decidida apenas nos segundos finais, o Paulistano fez valer o mando de quadra, reverteu o placar adverso, e assegurou a classificação às quartas ao bater, de virada, o Cearense por 76 a 72. 

 

   A partida, de nível técnico muito alto, ficou marcada sobretudo pelo belo trabalho defensivo dos dois clubes. Tirando os principais nomes de sua zona de conforto, as defesas prevaleceram sobre os ataques, que tiveram de se reinventar. Prova disso foi as inúmeras trocas de liderança ao longo da partida, bem como os elementos surpresas.

 

   Ao final, pesou a favor à favor dos mandantes, o crescimento de produção de Georginho e Pecos, especialmente no segundo tempo. A dupla anotou 25 dos seus 35 pontos na etapa complementar do duelo.

 

   Agora a equipe terá pela frente o Franca, adversário indigesto na primeira fase. Nos dois confrontos, a equipe do interior levou a melhor. No primeiro turno, na capital, a equipe de Helinho venceu o Paulistano por 76 a 73. Já no returno, no Pedrocão, triunfo por 78 a 71.

 

O JOGO

 

   Nos primeiros minutos da partida, os rivais mostraram qual seria a tônica da partida. Com marcação forte, sempre com a realização de trocas em bloqueios, os clubes impuseram muitas dificuldades aos ataques. Quem soube furar esse bloqueio primeiro foi o Carcará. Após sequência de bolas de três pontos de Davi, Gruber e Toledo, a equipe de Bial chegou a abrir oito pontos de vantagem. Empurrado pela sua torcida e pelo desempenho individual de Lucas Dias, o clube mandante se aproveitou da defesa por zona do Cearense, para reduzir o marcador em bolas da zona morta. Mas logo, os visitantes voltaram a marcar individualmente, e levaram a melhor nos contragolpes, em jogadas finalizadas por Tiagão e Davi, 26 a 17.

 

   No início do segundo período, Gustavinho resolveu intensificar o jogo de velocidade, trazendo Pecos à quadra. Atuando ao lado de Georginho e Lucas Dias, o armador incendiou os dois lados da quadra. Pressionando na defesa, e se movimentando de forma inteligente e agressiva no ataque, o camisa 14 conduziu sua equipe à virada com infiltrações e assistências. A situação só foi melhorar para o Cearense com a entrada de Rashaun. Fazendo parceria com Gustavinho, armador do Carcará, o gringo conseguiu dar um balanço interessante aos visitantes, que até então sofriam no período. Recuperando bolas importantes, a dupla transformou os contragolpes em cestas, que lhe devolveram a liderança, 40 a 38.

 

 Pecos deu outra dinâmica ao Paulistano (Divulgação).

 

   As equipes voltaram muito bem organizadas para o segundo tempo. Protegendo bem a linha de três pontos, Paulistano e Cearense tiveram de concentrar suas ações buscando o jogo interno. Assim, por meio de infiltrações, Pecos e Rashaun eram os líderes dentro de quadra, em um quarto muito disputado e equilibrado. Foi comum ver ao longo da parcial, muitas trocas de lideranças, mas já na reta final, Gustavinho veio bem do banco, e com dois arremessos certeiros, deu números finais ao quarto, vencido pelo Carcará, 57 a 54.

 

   Com mais movimentação ofensiva, o Cearense conseguia criar mais espaços para que seus jogadores, principalmente Rashaun e Gustavinho, infiltrassem. Com bom aproveitamento, a dupla concluía seus ataques, enquanto que, do outro lado, o Paulistano dependia muito do jogo de um contra um de Georginho, já que seus companheiros não davam muita opção. No tempo técnico, Gustavinho cobrou exatamente isso de seus jogadores, e a equipe atendeu. Com companhia de Pecos e Jonathan, Georginho teve mais liberdade e o jovem jogador desequilibrou. No comando do marcador, o Paulistano via o adversário na cola, principalmente porque Duda apareceu para o jogo. O Cearense, por sinal, teve oportunidades para sacramentar a vitória, mas acabou pecando nos arremessos finais, e assim, os mandantes se aproveitaram. Com tranquilidade, a equipe paulista converteu os lances livres e saiu de quadra com a classificação, 76 a 72.

 

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags