Com ótimo último quarto, Franca empata série

26/04/2017

   O Franca soube aproveitar o mando de quadra e a força de sua torcida. Com um Pedrocão inflamado, a equipe da casa cresceu de produção, fez um ótimo quarto final (33 a 19), para bater o Paulistano, por 92 a 79, empatando a série em 1 a 1.

 

   Sem dúvida nenhuma, a vitória francana tem de ser atribuída a Alexey. Quando acionado, no segundo quarto, o armador deu outra tônica ao ataque da equipe. Com muita mobilidade, o jovem jogador rompeu as linhas com facilidade, pontuando ou servindo seus companheiros. Não à toa, terminou a partida flertando com o duplo duplo, com 14 pontos e 9 assistências.

 

   O empate faz com que a série, marcada até aqui pelo equilíbrio extremo, chegue, ao menos, ao quarto jogo. Depois do confronto de quinta, novamente no interior paulista, as equipes voltam a se enfrentar, só que na casa do Paulistano, no dia 02/05. Se o empate persistir, a série volta para a Capital do Basquete Brasileiro, ainda sem data definida.

 

O JOGO

 

   Franca e Paulistano iniciaram a partida impondo um forte sistema defensivo. Essa intensidade dificultava e muito as ações ofensivas dos ataques. Quem soube furar essa parede primeiro foi a equipe da casa. Se aproveitamento do poderio de Cipolini no perímetro,  a equipe franca largou na frente. Só que o Paulistano respondeu rapidamente, com Eddy. O jogador que tem no trabalho defensivo sua principal característica, apareceu de forma impecável no ataque. Convertendo todos os arremessos que tentou, contribuiu com 13 pontos, fazendo com que sua equipe pulasse à frente no marcador. Mas, no minuto final, Coelho e Antônio voltaram a pontuar da linha dos três pontos, dando a vitória parcial aos mandantes, em um quarto muito interessante, 20 a 19.

 

   No começo do segundo quarto, as equipes acabaram oscilando um pouco no ataque. Com pouca movimentação dos jogadores que não tinham a posse de bola, os adversários encontraram dificuldades para superar as defesas, principalmente Franca, que sofria com a defesa por zona do rival. Para solucionar esse problema, Helinho trouxe Alexey para o jogo, e o armador não desapontou o comandante. Em jogadas de pick and roll, o camisa 4 conseguiu infiltrar, dando poder de fogo aos mandantes. A melhora, contudo, não representou a manutenção da liderança ao final do primeiro tempo. Isso porque, embora Lucas Dias e Jonathan tivessem desequilibrado a parcial, outros jogadores apareceram e esse aspecto coletivo decretou a diferença no marcador, 45 a 38.

 

 Alexey desmontou a defesa de Gustavinho (Newton Nogueira).

 

   A maior regularidade dentro do quarto anterior, aliada a bola longa de Hure, fez com que o Paulistano alcançasse sua maior vantagem no marcador, , logo no início da parcial, 48 a 38. A bola do argentino poderia mexer com a equipe da casa, mas não foi isso que aconteceu, pelo contrário. Movimentando muito bem a bola, Franca criou muitos espaços, e aí, Alexey e Cipolini brilharam. De cesta em cesta, os comandados de Helinho foram cortando a liderança, até igualar o jogo e ter a oportunidade da virada. Só que sempre que pressionado, o Paulistano contornava a situação, ora com Pecos, ora com Lucas Dias. Se não conseguiu retomar a ponta, o mandante, ao menos, entrou na última parcial vivo no jogo e cheio de moral, 60 a 59.

 

   O jogo que já era quente, ficou ainda mais acirrado no último quarto. Logo de cara, Pedro deu a liderança ao Franca e inflamou o Pedrocão. Sentindo o bom momento do adversário, os visitantes acabaram ficando nervosos e passaram a depender do desempenho individual de Renato para sustentar a liderança nos primeiros minutos. Quando os mandantes neutralizaram a linha de passe, para evitar que a bola chegasse em Renato, venceu com tranquilidade. Recuperando muitas bolas, a equipe da casa deitou e rolou. Com boa distribuição de Alexey, Pedro e Isaac brilharam, e Franca empatou a série, 92 a 79.

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados