Semifinalista do NBB, Pinheiros vai ao mercado e garimpa nomes para o garrafão

20/06/2017

  A temporada 2016/2017 mal terminou e as equipes já começam a pensar no planejamento da próxima jornada. Depois do pontapé inicial dado por Mogi, Franca e Vitória, foi a vez do Pinheiros movimentar o mercado com a aquisição de bons nomes para seu garrafão.

 

  Assim que terminou sua participação no NBB9, na semi-final, para o Bauru, a equipe de César Guidetti agiu rápido e confirmou a permanência de sua dupla de norte-americanos, Holloway e Bennett, jogadores fundamentais na campanha dessa temporada e que despertavam interesse de muitas equipes.

 

  Depois disso, a direção do clube paulista acertou a permanência de mais dois atletas importantes, o ala Gemerson e o pivô Ansaloni. Com a base mantida, o Pinheiros foi ao mercado e beliscou dois jogadores para reforçar seu garrafão: Marcus Toledo e Arthur Benardi.

 

  O primeiro, que já teve passagens pela equipe da capital, busca reencontrar o bom basquete na volta para São Paulo. Depois de três temporada de destaque, pelo Mogi, Pinheiros e Basquete Cearense, Toledo não conseguiu repetiu o desempenho nesse ano pelo próprio Carcará, ficando de fora de algumas partidas importantes.

 

 Dupla deve manter a força pinheirense nos rebotes (Geremias Orlandi).

 

  Já Arthur Benardi chamou a atenção após temporada de destaque no Caxias. Mesmo com o rebaixamento da equipe sulista, o ala-pivô mostrou potencial para ser trabalhado em uma equipe mais competitiva, algo que pode acontecer agora, na sua chegada ao Pinheiros, onde o jogador terá a oportunidade de trabalhar com César Guidetti, um dos finalistas ao prêmio de melhor técnico do ano.

 

  A expectativa fica por conta do acréscimo que a dupla pode causar na equipe. Os dois jogadores tem como principal característica o jogo interno, mas sabem tranquilamente trabalhar mais longe da cesta, estilo de jogo aplicado pelo Pinheiros nessa temporada. Em relação aos números, Toledo terminou o NBB9 com médias de 9,0 pontos e 5,7 rebotes por jogo, enquanto que Arthur foi mais consistente, com 14,4 pontos e 5,2 rebotes.

 

  Essas contratações não fecham o elenco do Pinheiros, mas nos levam a entender que o garrafão não deverá ter grandes novidades, já que três jogadores compõem o setor. Assim, é esperado que um ou no máximo dois jogadores devem complementar a área pintada.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags