Osasco busca parceiros para viabilizar seus projetos nessa temporada

O Osasco vive uma rotina muito comum no basquete brasileiro. Com grandes ambições, incluindo a possibilidade de participar da Liga Ouro, a equipe da Grande São Paulo depende da chegada de investidores para concretizar seus planos.

Enquanto isso não ocorre, o clube vai se reforçando dentro de quadra. Para a disputa dos Jogos Regionais, competição que defende o título, conquistado na temporada passada em cima de São Bernardo, o clube trouxe jogadores com passagens pelo NBB.


Até agora chegaram o armador e capitão da equipe Thyago Aleo, o ala-armador Murilinho, ex- Vitória, o ala Gustavo, que defendeu o Pinheiros, e a dupla de garrafão que veio do Macaé, Igor Avelino e Lupa.


Caso consiga encontrar alguns parceiros, o Osasco confirmará sua inscrição no Campeonato Paulista e estudará a participação na Liga Ouro, divisão de acesso ao Novo Basquete Brasil. Vale lembrar que no ano passado, a equipe comandada por Ênio Vecchi chegou a liderar a competição e ficou com o quinto lugar após cair para o Paulistano, vice-campeão do NBB.


Paulistano só conseguiu superar o Osasco na terceira e decisiva partida, no Antônio Prado (Ale da Costa).

Paralelamente, o clube desenvolve projetos com a garotada, visando o desenvolvimento pessoal acima do esportivo. Em pouco tempo, o Osasco conseguiu acumular ao menos 80 crianças nas categorias sub11, 12 e 13.


Em pouco tempo, projeto angariou muitas crianças (Jairo Giovenardi).

Tags:

Postagens Recentes
Arquivo
Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados