Minas anuncia seus primeiros reforços

20/07/2017

  O ano de 2016/2017 não foi nada bom para o Minas. Depois de alguns altos e baixos dentro da competição, a equipe perdeu os últimos nove jogos, inclusive o confronto direto com o Macaé, e sequer foi aos playoffs. Nas nove edições, a equipe de Belo Horizonte ficou de fora apenas três vezes, marcando presença nas outras seis participações.

 

  A fraca campanha fez com que a diretoria repensasse cada peça de seu elenco, e a reformulação começa a ganhar forma. Depois de anunciar Flávio Espiga como novo comandante da equipe, o Minas anunciou, na tarde de ontem (19), três reforços: o ala-armador Lelê e os alas-pivôs Audrei e Teichmann.

 

  Mais jovem dos reforços, Lelê chega para continuar o crescimento de sua carreira em um clube que deve lhe permitir mais tempo de quadra. Depois de uma temporada em que sequer entrou em quadra pelo Flamengo, o jogador ganhou mais espaço com as lesões de Fischer e Humberto na última temporada e obteve 3,9 pontos e 0,5 assistências de média. Os números baixos não mostram o amadurecimento do jogador, que fez sua maior pontuação no NBB contra o próprio Minas, em março desse ano (16 pontos).

 

 Lelê chega ao Minas para continuar a desenvolver seu basquete (Gilvan de Souza).

 

  Diferentemente de Lelê, Audrei e Teichmann possuem ampla experiência dentro do NBB, e chegam para reforçar o garrafão do Minas, muito refém do trabalho de Maynard na temporada passada. O bom desempenho do gringo em seu primeiro ano no Brasil, 14,1 pontos e 7,7 rebotes, chamou a atenção de diversos clubes. Com o mercado agitado, o Minas enfrenta forte concorrência para manter o atleta.

 

  Mas falando propriamente das novas peças, Audrei chega com indicação de Espiga, com quem trabalhou no Basquete Cearense, quando o agora técnico, era auxiliar de Bial. Depois de uma temporada de destaque em seu primeiro ano no Carcará, o jogador, assim como o time, ficaram devendo nessa última temporada. Com a queda de rendimento, Audrei perdeu a titularidade e, vindo do banco, contribuiu com 4,6 pontos e 1,8 rebotes em 17 minutos.

 

Com um time mais equilibrado, Audrei pode recuperar a boa forma que demonstrou no Uberlândia e no Cearense (Stephan Eilert). 

 

  O mais badalado dos reforços chega em grande forma. Peça importante dentro do sistema defensivo do Pinheiros, semifinalista do NBB9, Teichmann cresceu de produção nos playoffs, aumentando seus números, que apesar de discretos, significaram muito na produção pinheirense: 4,6 pontos e 5,1 rebotes na temporada regular e 6,3 pontos e 6,5 rebotes na pós temporada.

 

 Regularidade e desempenho defensivo são pontos fortes de Teichmann (Orlando Bento).

 

  Fica agora a expectativa pelas próximas movimentações do Minas, que ainda não garantiu a permanência de seus principais jogadores, Rodgers, Siqueira e Maynard. Além da dificuldade em manter o trio, o clube deverá olhar com atenção para posições carentes da equipe, que podem aumentar caso eles não continuem em Belo Horizonte.

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados