América vence confronto direto contra Osasco

25/08/2017

  O América conquistou um importante resultado para suas pretensões dentro do Campeonato Paulista. Mesmo atuando fora de casa, diante de um Geodésico abarrotado, a equipe riopretense bateu o Osasco por 90 a 86, em partida válida pela quinta rodada do estadual.

  Visando um melhor posicionamento na tabela de classificação, os rivais protagonizaram um duelo equilibrado, decidido nos últimos minutos. Com um elenco reforçado pela presença dos norte-americanos, o América se sobressaiu diante dos mandantes, baqueados pela grave lesão de seu armador titular, Aleo.

 

Para sair da incômoda situação, Osasco segue atento ao mercado. Pedro, ex Paulistano é o mais novo jogador da equipe (Divulgação/Basquete Osasco). 


  O triunfo na Grande São Paulo faz com que o América suba na classificação, alcançando o quarto lugar, à frente do Bauru, que possui a mesma campanha (duas vitórias em cinco jogos), mas perde no confronto direto. Já o Osasco, que tem um jogo a menos, segue em busca do primeiro triunfo na competição.
 

O JOGO

 

  Logo no início da partida, as equipes mostraram qual seria a tônica da partida. Reféns da ausência de um armador clássico, já que o Osasco perdeu o Aleo por conta de ruptura no ligamento anterior do joelho, e o América não tem essa peça em seu elenco; os rivais concentraram suas ações nos pilares ofensivos. Depois de comandar as ações nos primeiros minutos, com as infiltrações de Darnell e força física de William, o América viu os mandantes se acertarem, fechando o primeiro quarto na frente com Pastor e Lupa assumindo a responsabilidade, 21 a 18.

 

  Na volta para o segundo tempo, os rivais voltaram com algumas peças da rotação, e dois jogadores apareceram bem. Por mais que Igor Avelino aparecesse de forma efetiva no ataque, Scarano respondia à altura na linha dos três pontos, mantendo a equipe de Rio Preto próximo no marcador. Só que nem Scarano, nem Darnell conseguiram conter o bom momento vivido pela Coruja com o trabalho em dupla de Igor e Rodrigo, responsáveis pela vitória parcial, por 50 a 40.
 

Osasco melhorou de produção com a presença de dois armadores (Bruno Ulivieri/Basquete Osasco).


  Com uma marcação mais agressiva, o América voltou melhor na segunda etapa, trazendo a diferença para duas posses de bola logos nos primeiros minutos, após belo trabalho de Radamés, que veio do banco para mudar a cara da partida. No final do período o Osasco voltou a pontuar, com Lupa e Drudi, mas o momento era dos visitantes, que reduziram a diferença ao final do quarto para apenas cinco pontos com os lances livres de Darnell, 66 a 61.
 

Imprevisibilidade dos americanos foi decisiva para a vitória do América (Bruno Ulivieri/Basquete Osasco).


  Não demorou muito para o América assumir a liderança. Mantendo a postura defensiva, recuperou inúmeras bolas, que renderam ataques rápidos, finalizados por Justin Knight. Na tentativa de recuperação, o Osasco buscou o jogo próximo à cesta com Leonardo e Pastor, mas os visitantes, com um quinteto mais participativo, não deixaram a vitória escapar, 90 a 86.

 

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags