Bauru controla Osasco e conquista primeira vitória fora de casa

15/09/2017

  Enfim saiu a primeira vitória do Bauru Basket longe de seus domínios. Depois de bater na trave em algumas oportunidades, o Bauru venceu o Osasco, por 67 a 66, em partida válida pela terceira rodada do segundo turno do Campeonato Paulista.

 

  Apesar do triunfo, Bauru sofreu mais do que o esperado, devido a algumas oscilações no decorrer dos quartos, problema corriqueiro do Dragão nesse início de temporada. Mas, ao final do duelo, prevaleceu a liderança bauruense, que ficou à frente do marcador desde o primeiro minuto, graças a participação mais efetiva de seus armadores.

 

  Pelo lado do Osasco, mais uma boa partida de seus homens do garrafão. Próximos de um duplo-duplo, Drudi e Lupa dominaram a área pintada, castigando a defesa bauruense com rebotes ofensivos e bolas de segurança anotadas na cabeça do garrafão.

 

 Com 22 pontos, Anthony foi mais uma vez a referência ofensiva bauruense (Victor Lira/Bauru Basket).

 

  De olho nessa reta final de primeira fase e em busca de um melhor posicionamento, Bauru segue sua caravana longe de casa. No sábado, a equipe de Demétrius enfrenta a Liga Sorocabana. Já o Osasco tem a semana livre para trabalhar antes do próximo confronto, quarta-feira, contra o Pinheiros, na capital paulista.
 

O JOGO

 

  As equipes vieram para a partida com um forte sistema defensivo, principalmente na linha do passe, sempre muito bem protegida, de ambos os lados. Essa proteção limitou as ações coletivas dos times, que passaram a concentrar suas ações na individualidade de seus jogadores. Aproveitando o bom início de jogo de Gui Santos, Bauru assumiu o controle das ações. Mas o Osasco, ligado nos rebotes ofensivos, não deixava os visitantes desgarrarem no marcador. Devido à intensidade aplicada, foi comum ver os rivais promoverem várias trocas, mantendo jogadores inteiros em quadra. E foi justamente após a entrada de Isaac, que o Dragão abriu gordura no marcador, 20 a 14.

 

  Mas, assim como no duelo contra Franca, Bauru não voltou bem após um quarto em que teve domínio. Precipitando ataques com arremessos de três pontos, que teimavam em não cair, viu a diferença cair para apenas um ponto após bolas de média e longa distância, de André e Leonardo. O retorno de Anthony e Alex, deu tranquilidade ofensiva ao Dragão. Essa segurança fez com que os meninos da base tivessem mais espaços e correspondessem, como Jaú, autor de cinco pontos em sequência. Só que na medida que o ataque fluía, a defesa, sobretudo na área pintada, deixava a desejar. Por ali, Lupa e Drudi apareceram livres de marcação para manter os mandantes na cola da equipe bauruense. No final, Alex converteu bola de muito longe, dando um respiro aos visitantes, 38 a 30.

 

  De forma inteligente, Osasco e Bauru voltaram para o segundo tempo priorizando as jogadas de segurança, dentro do garrafão. Embora os visitantes apresentassem mais opções, como as jogadas de velocidade em infiltração, com Anthony, e força no garrafão, reforçado com Hettsheimeir; a Coruja tentava, com grande participação de Drudi, impedir que a diferença aumentasse. Já na reta final do período, momentos após o Dragão colocar a diferença na casa dos dígitos duplos, Lupa dividiu a responsabilidade com Drudi, guiando sua equipe a uma aproximação no marcador, 54 a 52.

 

  A proximidade no marcador deixou o duelo, até então sobre controle do Bauru, aberto. Com isso, para sair de quadra com a vitória, os rivais precisavam contornar as adversidades, mantendo o equilíbrio mental. Apesar do crescimento da equipe da casa, que colocou a torcida no jogo, e do acúmulo de faltas de alguns titulares, o Dragão manteve a compostura com boas tramas entre Anthony e Stefano. No final, a Coruja tentou buscar o resultado, mantendo-se viva após infiltração de Murilo, mas o desperdício na última bola custou o triunfo da equipe da casa, 67 a 66.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags