Papéis se invertem e Franca empata série com Paulistano

28/10/2017

Você que acompanhou a partida dessa noite entre Franca e Paulistano, deve ter deixado o Pedrocão ou desligado a transmissão com um sentimento de Déjà-Vu. Foram muitas semelhanças com o primeiro jogo, disputado ontem a noite. A única e grande diferença foi que dessa vez os papéis se inverteram e os mandantes levaram a melhor, 83 a 79.

 

Assim como na abertura da série, os rivais travaram um primeiro tempo equilibrado, cheio de alternativas e trocas de liderança, com destaques para a volta de Leo Meindl e boa contribuição ofensiva de Fuller, discreto na noite anterior.

 

Foi então que veio o intervalo e com ele um novo cenário. Se ontem foi o Paulistano quem se impôs e abriu larga vantagem, dessa vez foram os mandantes que tomaram conta da partida com um festival de bolas de três pontos, trabalho coletivo e brilho individual de Cipolini. O domínio foi ligeiramente superior ao apresentado pelo Paulistano, já que Franca chegou a ter vinte dois pontos de vantagem, contra 15 do clube da capital no primeiro jogo.

 

 Implacável no terceiro quarto, Cipolini deixou a quadra com 20 pontos (Reprodução/EPTV). 

 

Impulsionado pelas bolas de três pontos, que até então teimavam em não cair, o time de Gustavinho foi gostando do jogo, baixando a diferença até de fato entrar no jogo após grande trabalho de Fuller, cestinha da partida com 30 pontos. O problema, como aconteceu com os francanos, foi que a reação foi tardia, dando a possibilidade dos mandantes sacramentarem a vitória na linha do lance livre, com Jefferson e Pedro.

 

Agora a série vai para São Paulo, onde o Paulistano terá a oportunidade de contar com o apoio de seu torcedor e ambientação ao Ginásio Antônio Prado Jr, para tentar resolver a parada dentro de casa. Ao Franca, resta, ao menos, vencer um duelo para voltar a ter a vantagem no mando de quadra, levando o quinto e decisivo duelo para o Pedrocão.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo