Flamengo anuncia Anderson Varejão como novo reforço rubro-negro

17/01/2018

Acabou a novela. Depois de um longo namoro, Flamengo e Anderson Varejão finalmente chegaram a um acordo e o pivô da seleção brasileira defenderá o rubro-negro pelos próximos 20 meses, ou seja, até setembro de 2019, garantindo assim sua participação em pelo menos duas edições do NBB.

 

A demora na contratação se deu por diversos fatores, mas principalmente pelo interesse do jogador em permanecer no basquete norte-americano, situação que acabou não se consumando, mesmo com toda a qualidade e experiência do pivô, que passou treze anos na principal liga de basquete do mundo, entre sua passagem pelo Cleveland Cavaliers e pelo Golden State Warriors.

 

Sem espaço na NBA e com o período de inscrições para o NBB chegando ao fim (se encerra amanhã), aceitou o desafio de retornar ao país depois de dezesseis anos. Revelado pelo Franca, foi pincelado pelo Barcelona, para a disputa da Liga ACB e da Euroliga, vencida pelo clube em 2003, logo na segunda temporada do jogador com a camisa blaugrana.

 

Por falar nisso, Franca e Flamengo disputaram a contratação de Anderson Varejão à ferro e fogo. Entre uma conversa e outra ali, o pivô optou pela proposta rubro-negra, onde terá um contrato diferente deverá ter um contrato diferente do que vemos habitualmente por aqui. Mas todos os detalhes contratuais, que devem incluir exploração da imagem do atleta em uma linha especial de produtos, só serão revelados amanhã, na coletiva de apresentação, na Gávea.

 

 Oportunidade de estar próximo em uma grande liga, mexeu com Varejão (Divulgação/Flamengo).

 

Com isso, Varejão torna-se o segundo jogador campeão da NBA a atuar no NBB. Contratado recentemente pelo Franca, Leandrinho foi o primeiro jogador, que faturou o anel, a desembarcar no Brasil, para a disputa do campeonato nacional.

 

Independentemente do time que você torce, será extremamente positivo vê-lo em ação, por tudo aquilo que conquistou no basquete e para o que representa ter um jogador desse quilate na liga. Claro que se você for flamenguista, terá um gostinho ainda mais especial, mas ver as equipes brasileiras repatriando grandes jogadores, valoriza ainda mais o basquete nacional e o produto desenvolvido pela Liga Nacional.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags