Em casa, Seleção Brasileira busca classificação antecipada

É na tranquilidade de Goiânia, na companhia da torcida, que a seleção brasileira busca a classificação antecipada a segunda fase das Eliminatórias da Copa do Mundo de Basquete, que será disputado na China, em 2019.


Com duas vitórias na primeira janela de eliminatórias, em cima do Chile e da Venezuela, o Brasil depende apenas das próprias forças para carimbar o passaporte à próxima fase. Para isso, basta vencer seus próximos compromissos diante de seu torcedor, hoje contra a Colômbia, às 19 horas, e no domingo, novamente diante dos chilenos, às 20 horas, que confirmará a vaga, com duas rodadas de antecedência. O SporTV transmitirá as duas partidas.


Ainda sem poder contar com jogadores da NBA, o croata Aleksandar Petrovic manteve a base dos primeiros jogos, mas precisou realizar algumas mudanças em virtude de algumas lesões, como a de Alex Garcia, um dos poucos remanescentes do grupo olímpico, ao lado do companheiro de Bauru Basket, Rafael Hettsheimeir, e de Anderson Varejão, agora no Flamengo.


A grande novidade nessa janela fica por conta do retorno de Leandrinho à seleção. A última partida do ala com a equipe tinha sido na Rio2016. De lá pra cá, o Brasil sofreu punição da FIBA e nos últimos duelos, o ala ainda estava se recuperando de uma lesão, antes de assinar com o Franca, em dezembro de 2017.


Atento ao basquete nacional, o comandante croata convocou quatro caras novas. Em grande temporada na equipe francana, Cipolini e Rafael Mineiro se tornam opções para o garrafão da Seleção Brasileira. Outro que vive momento especial na carreira e que foi presenteado com a convocação foi Arthur Pecos, armador do Flamengo, que deve dividir a responsabilidade da armação com Yago e Fischer.


Mesmo sem os medalhões da NBA, Petrovic tem conseguido bons resultados (André Costa/CBB).

Além deles, Gui Bento, jovem formado em Bauru, que vem ganhando espaço no Pinheiros, também foi lembrado pelo treinador, que gosta de inserir jovens no grupo, de modo com que eles ganhem experiência, se ambientando à seleção.


"Para o Brasil, é a melhor situação, porque podemos testar em mais partidas, podemos trazer mais jogadores que estão atuando aqui no país. Apenas nas janelas de junho e setembro vamos poder contar com nomes da NBA, por exemplo. Então, é muito bom para os jogadores que estão no Brasil terem uma oportunidade. É muito bom para a seleção brasileira."


É nesse cenário positivo que o Brasil espera confirmar a classificação antecipada, ganhando tranquilidade necessária nesse início de trabalho. Assim, poderá testar novos jogadores na configuração da equipe, respaldado pelos resultados positivos, situação bem diferente das últimas competições internacionais que a seleção acabou acumulando eliminações e frustrações.


Postagens Recentes
Arquivo
Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados