Primeira equipe a agir na pós temporada, Minas renova com dupla de destaque

18/05/2018

Assim como na temporada passada, o Minas saiu na frente das demais equipes no planejamento para a próxima temporada. Apesar de enfrentar concorrência de outros clubes, a equipe de Belo Horizonte acertou a renovação contratual de Gegê e Wesley, destaques no último Novo Basquete Brasil.

 

Pentacampeão consecutivo do NBB, Gegê chegou ao Minas com a responsabilidade de ser o líder de uma equipe reformulada, que mesclava atletas experientes com outros jovens valores, todos eles comandados por Espiga, em seu primeiro trabalho como técnico profissional.

 

Demonstrando maturidade, o armador tirou o desafio de letra. Com média de sete assistências por partida, foi o motorzinho dos minastenistas na competição, guiando seus companheiros a uma classificação histórica às quartas-de-final (no duelo de Cajazeiras), quando o time acabou eliminado pelo Flamengo.

 

Satisfeito com o desempenho em seu primeiro ano no clube, Gegê espera não apenas repetir a campanha, como também superá-la. Para isso, aposta na rotina de treinos durante parte de suas férias.

 

"Meu foco é sempre dar um passo a mais. O passo que foi dado na temporada 2017/18 já ficou para trás. O importante agora é focar na próxima e caminhar para frente. Nada melhor do que treinar e me preparar muito, para começar a temporada bem e planejar um campeonato, não só pessoal, mas também para o objetivo do Clube, que é terminar com uma classificação melhor que a do ano passado."

 

 Minas anunciou a renovação da dupla através de suas redes sociais (Reprodução/Internet)

 

Quem também se destacou na última temporada e acertou a permanência na capital mineira, foi o pivô Wesley. Assimilando seu papel dentro do plano de jogo da equipe, teve participação decisiva na campanha da equipe, principalmente nos playoffs da competição, quando chamou a atenção de outras equipes.

 

Apesar do interesse de outros clubes, o atleta preferiu continuar no Minas por acreditar no trabalho desenvolvido pela comissão técnica que abriu as portas para sua chegada na equipe, dois anos atrás, quando ainda era uma promessa do basquete nacional.

 

“A última temporada foi muito especial para mim, minha melhor no NBB. Devo muito disso ao Minas Tênis Clube, que me deu todo o suporte para que isso acontecesse. A oportunidade que o Flávio Espiga me deu foi a que eu tanto esperava, para ter uma firmação no basquete nacional. Eu sou muito grato por isso. Acredito no trabalho dele, assim como ele acredita no meu. Isso é muito importante para a continuação de um trabalho."

 

Assegurada a renovação da dupla, o Minas trabalha agora para manter outras peças importantes dentro do esquema implementado por Espiga. Nos próximos dias deve se posicionar a respeito disso e de eventuais contratações.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags