De ponta a ponta, Mogi domina Paulistano e empata final do NBB

25/05/2018

O Mogi das Cruzes transformou a pressão acumulada pela derrota na primeira partida em combustível para conquistar uma vitória maiúscula, derrotando o Paulistano por 84 a 70, empatando, assim, a decisão do Novo Basquete Brasil.

 

O enredo do duelo foi o mesmo do primeiro confronto, só que dessa vez com os papeis invertidos. Ao igualar a configuração do adversário, que atua com cinco jogadores abertos, o time do Alto Tietê conseguiu neutralizar os pontos fortes do adversário, tirando a movimentação e a liberdade da equipe da casa, que habitualmente trabalha na transição e no perímetro.

 

Demonstrando confiança exacerbada no seu estilo de jogo, o Paulistano sequer procurou outra alternativa à boa marcação mogiana, se tornando presa fácil para a equipe visitante, que demonstrou mais equilíbrio e versatilidade na contraofensiva. 

 

Cadenciando o ritmo de jogo, Mogi soube trabalhar no cinco contra cinco. Com organização e tranquilidade, extraiu o melhor de cada peça em cada setor da quadra, equilibrando o trabalho interno com as bolas do perímetro. Assim, dominou amplamente as ações, não sendo, sequer, ameaçado.

 

Com dezoito pontos, seis rebotes e seis assistências, Tyrone foi o cara da partida (Antônio Penedo)

 

Satisfeito com o desempenho do seu time, Guerrinha creditou a vitória a organização e ao equilíbrio mental da equipe, que conseguiu devolver a dura derrota sofrida dentro do Hugão no último final de semana.

 

"O Paulistano havia feito uma primeira partida incrível em todos os sentidos e hoje foi a nossa vez. Sabíamos da qualidade do adversário e entramos muito focados, tanto na defesa quanto no ataque. A partir disso conseguimos uma vitória muito importante, que nos coloca matematicamente e mentalmente de volta na série."

 

Para Deryk a derrota deve servir de parâmetro daqui pra frente, dando lições importantes para a sequência da série decisiva.

 

"Primeiro é tirar a lição desse jogo. Não podemos começar da forma que começamos, principalmente defender como defendemos. Jogamos muito bem quando imprime uma defesa muito forte. Hoje não estávamos tão confiantes na defesa e isso acabou pesando no ataque. Mas já passou e está 1 a 1 a série. Não tem jogo fora e jogo dentro de casa, vamos melhorar para o próximo jogo."

 

Com a série empatada, haverá, no mínimo, a realização do quarto confronto, agendado para o dia 02/06, em Mogi das Cruzes. Antes disso, as equipes voltam a se enfrentar. Amanhã, às 12:35, os adversários voltam a medir forças para ver quem desempata a decisão.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados