Recheado de novidades, Bauru apresenta elenco para a temporada

24/07/2018

 

O Bauru Basket apresentou na noite dessa segunda-feira (23) seu elenco para a temporada 2018/2019. Em evento realizado no Avenue Art Pub, imprensa e convidados tiveram contato com o novo plantel do Dragão, bastante reformulado em relação à equipe do ano passado.

 

Deixaram a equipe bauruense, os armadores Kendall Anthony e Stefano, os alas Duda, Isaac e Matulionis, o ala-pivô Renan e os pivôs Hettssheimeir, Shilton e Maikão. Para seus lugares chegaram os armadores Larry Taylor e Cauê Verzola, os alas Gustavo e Enzo Ruiz, além dos alas-pivôs Jefferson William e Renato Scholz, bem como os pivôs Lucas Mariano e Marcão.

 

Com algumas caras novas e outras bem familiares, Bauru se prepara para uma temporada longa (Reprodução/Bauru Basket)

 

À frente do Dragão pelo terceiro ano consecutivo, Demétrius Ferracciú mostrou-se satisfeito com a formação da equipe, ressaltando a união do grupo nesse início de temporada.

 

"Eu estou muito feliz, junto com toda a equipe, pela maneira com que cada um vem trabalhando, se entregando, de uma maneira pouco vista, de olhar no olho deles e está brilhando. Essa entrega, para nós é o mais importante, no dia-a-dia, chegar no jogo e fazer a mesma coisa."

 

Dema aproveitou para comentar sobre os novos pupilos e dissertou um pouquinho sobre o que o torcedor pode esperar desse novo grupo, ainda que a equipe ainda esteja em formação e precise de um tempo para adquirir entrosamento e ritmo de jogo, algo que deve acontecer naturalmente com a sequência de jogos.

 

"São jogadores que, além de terem feito grande temporada em seus clubes, podem evoluir mais ainda. Eles tem objetivos na carreira e estão comprometidos. A expectativa que seja uma equipe que defenda bem, sabendo o que tem que fazer. Nosso maior desafio agora é conseguir um entrosamento, ritmo de jogo, porque são jogadores que ainda não jogaram juntos."

 

Contratado no início dessa semana, Renato Scholz confessou que, por conta da proximidade do início do estadual, não esperava mais uma oportunidade de atuar na Cidade Sem Limites, mas disse que atuar no Bauru era um sonho antigo.

 

"Eu nem esperava mais um contato do Bauru, mas como já houve conversas com a equipe em outras temporadas, deu certo. Foi relâmpago. Me fizeram a proposta de manhã, nós conversamos e no final do dia me anunciaram. É um time de camisa, de tradição, que foi campeão brasileiro há dois anos atrás, um time que eu sempre quis jogar."

 

Com muita tranquilidade, Renato falou sobre os primeiros dias no Dragão, enaltecendo, mais uma vez, o ambiente positivo do grupo, antes elogiado por Demétrius.

 

"Desde terça-feira, quando eu fechei, fiquei pensando, com um friozinho na barriga. Mas a recepção foi muito boa, na quinta-feira já me deram boas vindas, na sexta já me zoaram um pouquinho (rs). Esse grupo é muito unido, tanto dentro quanto fora de quadra. Isso quer dizer muita coisa, pode fazer a diferença."

 

Com exceção de Alex e Jaú, lesionados, Bauru, de Demétrius, terá força máxima desde o Campeonato Paulista (Aceituno Jr)

 

Um dos responsáveis pelas brincadeiras no dia-a-dia, Jefferson volta ao Bauru após uma temporada defendendo Franca. Com a camisa bauruense, o ala-pivô viveu sua melhor fase da carreira, tendo faturado o Campeonato Paulista, Brasileiro, Liga Sulamericana e Liga das Américas, se tornando ídolo da cidade. 

 

"A passagem por Bauru foi a mais vitoriosa da minha carreira, ganhei todos os títulos que disputamos. Eu sai daqui campeão e espero, nessa volta, dar outro título para Bauru. Não só a torcida, como minha família, esperavam a minha volta. É um lugar que eu me sinto bem, meu filho nasceu aqui, fico feliz de estar de volta."

 

Reforço mais aguardado pela torcida bauruense, Larry comentou sobre recepção calorosa que recebeu em sua apresentação, quando centenas de torcedores o recepcionaram com bandeiras, faixas e sinalizadores.

 

"Foi especial para mim. Não tenho nem palavras para descrever aquele momento. Eu chegando no ginásio e todo mundo gritando meu nome, como nos velhos tempos. Eu pensei: Tudo isso só para mim? Isso tudo refletiu a história que passamos juntos."

 

Com muito bom humor, o alienígena confessou que, apesar de estar focado na estreia (diante do América), já olhou a tabela e conferiu que sua primeira partida no Ginásio Panela de Pressão será diante do Mogi das Cruzes.

 

"Quando eu vi o primeiro jogo em casa, logo contra o Mogi, tinha que ser assim? Vou ter que ver o Guerrinha do outro lado, uma coisa que vai ser difícil para mim, mas faz parte. É muito estranho, toda vez que estava em Mogi, jogando contra Bauru, agora meus sentimentos vão ficar muito confusos, nem saberei mais em qual time estou."

 

Nesse cenário, Bauru inicia uma temporada que promete ser longa e positiva para o Dragão. Além do Campeonato Paulista, que já começa nesse sábado, diante do América, em Rio Preto, o clube terá pela frente a Liga Sulamericana e o Novo Basquete Brasil.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags