Com primeiro quarto irretocável, Bauru domina América de Rio Preto

28/07/2018

O Bauru Basket estreou no Campeonato Paulista com uma vitória maiúscula. Mesmo sem contar com alguns jogadores importantes do plantel, como Larry Taylor, que se juntou a Alex, Gui Santos e Jaú, o Dragão venceu o América de Rio Preto na casa do adversário pelo placar de 78 a 47.

 

Diferentemente de anos anteriores em que começou o estadual apenas com os jovens das categorias de base, o Bauru iniciou a partida com o time considerado ideal nesse inicio de temporada. Com uma defesa agressiva e ataque envolvente, o Dragão se impôs desde o primeiro quarto, vencido com propriedade, por 25 a 07.

 

Cestinha da partida com 16 pontos, Jefferson William se mostrou satisfeito com o desempenho individual, mas ressaltou a contribuição do grupo para o triunfo fora de casa, na estreia do Paulista.

 

"Sabemos que precisamos de mais tempo juntos dentro de quadra e que estamos apenas começando. Mas dá para sentir que esta equipe está unida e com muita força de vontade. Fico feliz em ter voltado a vestir essa camisa e contribuído com a vitória."

 

Além dos 16 pontos, Je capturou 10 rebotes, contabilizando um duplo-duplo logo na sua reestreia pelo Dragão (Victor Lyra/Bauru Basket)

 

Na próxima rodada, o Bauru não terá a mesma facilidade deste sábado. Na quarta-feira, a equipe recebe o Mogi das Cruzes, em um dos mais acirrados clássicos paulistas da atualidade. Já o América busca a reabilitação diante do São José, longe dos seus domínios, na sexta-feira.

 

O JOGO

 

Colocando em quadra o que de melhor tinha à disposição, Demétrius viu sua equipe se impor desde o primeiro minuto. Com mobilidade no perímetro e proteção no garrafão, Bauru impunha severas dificuldades ao América, que, sem muitos recursos técnicos, sequer concluía alguns ataques.

 

Recuperando posses de bola e dominando os rebotes, o jogo do Dragão fluiu naturalmente, com destaque para o volume de jogo de Jefferson William e contribuições cirúrgicas de Lucas Mariano e Enzo Ruiz. A superioridade dos visitantes ficou escancarada no marcador, com o triunfo parcial de 25 a 07.

 

No começo do segundo período, Bauru lançou mão do banco de reservas, que, na sua essência, foi composto por garotos formados no clube. Os meninos sentiram o peso da partida e cometeram erros ofensivos que permitiram ao América manter a parcial equilibrada durante os primeiros minutos.

 

Com a volta de alguns titulares, especialmente na armação e no garrafão, o Dragão se reencontrou. Explorando a pontaria afiada de Jefferson, as bolas de segurança de Lucas Mariano e o crescimento de produção de Emanuel, que se transformou em um coadjuvante importante, a equipe foi para os vestiários vencendo por 42 a 21.

 

Com 12 rebotes e 06 assistências, Cauê foi fundamental para a construção de jogo bauruense (Victor Lyra/Bauru Basket)

 

O cenário não se modificou na volta para a etapa complementar. O América até chegou a emplacar boa sequência ofensiva, com William sendo acionado dentro do garrafão, mas os visitantes mantiveram a agressividade defensiva, aproveitando os contragolpes puxados por Basílio e Enzo, para pontuar com facilidade.

 

Com a diferença se aproximando dos trinta pontos, Dema deu nova chance aos garotos. Além de Emanuel, que já tinha se destacado, Samuel respondeu positivamente, sendo incisivo para puxar jogadas de velocidade, buscando sempre as infiltrações. Com o duelo praticamente resolvido, Bauru foi para o último quarto vencendo por 59 a 35.

 

As condições da partida fizeram com que o nível do último período ficasse um pouco abaixo dos demais. Ainda assim, o destaque positivo da parcial ficou pelo rendimento de Gustavo, para os mandantes, e Renato Scholz, para os visitantes, que confirmaram a vitória com tranquilidade, 78 a 47.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags