Com ótimo terceiro quarto, Franca derrota Paulistano e se isola na liderança do NBB

24/11/2018

O tão aguardado confronto entre Franca e Paulistano, que colocava frente a frente, líder e vice-líder, finalmente aconteceu. E contou com todos os ingredientes que apimentavam o duelo das duas melhores equipes até aqui no Novo Basquete Brasil, que se conhecem muito bem e que vem criando um histórico de rivalidade por conta das duas últimas decisões do Campeonato Paulista e da troca de jogadores.

 

Com todo o elenco à disposição e atuando ao lado do seu torcedor, Franca ditou o ritmo do começo ao final da partida, mas foi no terceiro quarto que a equipe local conseguiu traduzir a superioridade ao vencer a parcial por 34 a 17, diferença fundamental para o time consolidar a vitória por 89 a 73.

 

No período em questão, os mandantes corrigiram um problema do primeiro tempo, e movimentaram melhor a posse de bola. Assim, romperam a defesa do CAP, criando condições para que seus principais arremessadores aparecessem livres no perímetro. Por ali, converteram sete dos quatorze arremessos de três pontos da equipe em toda a partida, números que explicam a alta produção dos donos da casa na parcial.

 

Por falar em números, durante todo o confronto prevaleceu também o aspecto coletivo. Por mais que o número de assistências tenha deixado um pouco a desejar (foram apenas doze para cada lado), os adversários tiveram muitos jogadores (seis dos Franca contra cinco do Paulistano) pontuando na casa dos dígitos duplos, reforçando a visão de que ambos possuem boas opções dentro do elenco.

 

Com a vitória, Franca chega a décima vitórias em onze partidas e se isola na liderança do NBB. Além de perder a oportunidade de encostar no líder, o Paulistano, com a derrota, perde também a vice-liderança para o Flamengo, caindo para o terceiro lugar, empatado com o Pinheiros, com sete triunfos em dez jogos.

 

O JOGO

 

Jogando ao lado do seu torcedor, o Franca começou o duelo mais ligado. Explorando muito bem os bloqueios feitos por Cipolini, Elinho encontrou espaço no perímetro e com duas bolas certeiras em quatro tentativas deu o controle de jogo para os mandantes. Com boa visão de jogo de Roquemore e versatilidade de Renan, o Paulistano reagiu e equilibrou a partida, mas Hettsheimeir acertou dois ganchos e decretou a vitória parcial para os atuais campeões paulista, 21 a 19.

 

No começo do segundo período, os donos da casa encaixaram duas defesas consistentes na área pintada e no contragolpe só foram parados com faltas. Na linha do lance livre, abriram sete pontos de vantagem com Alexey, Hett e Didi. A resposta do CAP veio rápida e mais uma vez passou pelas mãos da dupla formada por Renan Roquemore. Com um arremesso de cada da linha dos três pontos, os visitantes chegaram a assumir a liderança da partida, só que em duas jogadas individuais de David Jackson, o Franca foi para os vestiários vencendo por 39 a 36.

 

Com 16 pontos, David Jackson foi, ao lado de Eddy, cestinha da partida (Reprodução/NBB) 

 

O equilíbrio deu lugar ao domínio total de Franca no início do segundo tempo. Agressivo na defesa e colaborativo no ataque, os mandantes trocaram passes com mais velocidade e exploraram o crescimento de produção de Lucas Dias e Didi, para ir abrindo frente, de maneira que a diferença ultrapassasse, em alguns momentos, a casa dos vinte pontos. Sentindo a falta de Yago, único armador de origem no elenco, o Paulistano não conseguiu trocar passes e dependeu da individualidade de Eddy e Leo Meindl para evitar que o prejuízo fosse ainda maior, 73 a 53.

 

Atrás no marcador, o CAP tratou de acelerar o ritmo de jogo no último período. Mas, por mais que os donos da casa tivessem contornado a reação dos visitantes nos primeiros minutos, com a pontaria afiada de Hettsheimeir e auxílio de Jimmy, o Paulistano não se entregou e colocou fogo na partida, aparentemente resolvida. Atento a movimentação ofensiva do adversário, interceptou três posses de bola e, através do jogo interno, foi diminuindo a desvantagem, causando preocupação nos mandantes, que precisaram recorrer ao retorno dos titulares para sacramentar a vitória, 89 a 73.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados