De ponta a ponta: Minas supera Botafogo e fica a uma vitória do Super 8

05/12/2018

O Minas deu um grande passo para se garantir na Copa Super 8. Atuando dentro de casa, a equipe ditou o ritmo da partida e superou o Botafogo, por 85 a 77, ultrapassando o rival na tabela de classificação e ficando a apenas uma vitória de confirmar a vaga na competição que será disputada na semana de Natal e do Ano Novo.

 

O triunfo minastenista passa, sem dúvida alguma, pela postura do time dentro de quadra. Intenso, brigou por cada posse de bola, conseguindo recuperações e rebotes ofensivos importantíssimos para a construção do resultado desde os primeiros minutos, quando assumiu o controle das ações e não permitiu a reaproximação do alvinegro, que oscilou muito dentro da partida.

 

Além de mais volume, o Minas também teve mais distribuição ofensiva. Com boa visão de jogo de Gegê, quatro atletas (Wesley, Coleman, Bob e Jefferson) tiveram seu momento de destaque, pontuando em dígitos duplos e auxiliando na manutenção da intensidade da equipe durante os quarenta minutos.

 

Com 24 pontos e 12 rebotes, Wesley foi o grande nome da partida (Reprodução/NBB) 

 

Como a equipe só volta à quadra na próxima segunda, quando visitará o Brasília, na capital federal, a classificação pode ser confirmada indiretamente, caso Vasco da Gama e Corinthians percam algum dos seus jogos.

 

Atualmente na sétima colocação, o Botafogo se garantirá na Copa Super 8 com mais uma vitória. Mas os alvinegros não terão vida fácil, pelo contrário, terão dois compromissos dificílimos, contra o Flamengo, na sexta, e diante do Pinheiros, dia 13.

 

O JOGO

 

Minas e Botafogo começaram a partida em ritmos distintos. Intenso, os donos da casa aproveitaram a desatenção defensiva dos visitantes para assumirem o controle de jogo ainda nos primeiros minutos. Após o pedido de tempo de Léo Figueiró, os cariocas aumentaram a intensidade defensiva mas seguiam com pouca inspiração ofensiva, ficando refém do trabalho de Ansaloni. Com mais fluidez, os donos da casa contaram com o bom desempenho de Wesley e mantiveram a vantagem no marcador ao final do primeiro quarto, 22 a 16.

 

O alvinegro voltou com outra postura no segundo período. Movimentando a bola com mais velocidade, conseguiu envolver a defesa minastenista, deixando Arthur em boas condições, tanto dentro quanto fora do garrafão. Impulsionados pela sequência do ala-pivô, os visitantes conseguiram equilibrar o duelo e os rivais passaram a se alternar na liderança do placar. No final da primeira etapa, o time de Belo Horizonte encaixou a marcação e contou com boa visão de jogo de Gegê para ir para os vestiários à frente, 44 a 41.

 

O início do segundo tempo ficou marcado pela melhora defensiva das duas equipes, que ofereceram mais resistência aos ataques, deixando a partida truncada durante a primeira metade da parcial. A outra metade foi inteira do Minas. Bem posicionado dentro de quadra, não teve a menor dificuldade para anular o ataque botafoguense, extremamente estático. Na frente, rompeu o sistema defensivo adversário com rebotes ofensivos e velocidade na troca de passes, que encontraram Che Bob livre no perímetro para colocar a vantagem na casa dos dígitos duplos, 67 a 53.

 

O Botafogo veio para o último período para o tudo ou nada. Atrás no marcador, imprimiu forte ritmo defensivo, conseguindo minimizar a produção minastenistas e sair no contragolpe, na velocidade de Jamaal e Cauê. Mas, apesar do ala-armador ter pontuado através de infiltrações e arremesso de três pontos, reduzindo a diferença para sete tentos, os visitantes desperdiçaram muitas oportunidades de se aproximar ainda mais no placar. Precipitando muitos arremessos, viu Gegê organizar o ataque, envolvendo Wesley, que sacramentou a vitória do Minas, por 85 a 77.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados