No retorno de Yago, Paulistano dita o ritmo e vence o Joinville

11/12/2018

O Paulistano voltou a vencer no Novo Basquete Brasil. Depois de duas derrotas consecutivas, os atuais campeões nacionais retomaram o padrão técnico e venceram, dentro de casa, o Joinville, por 109 a 97, em duelo que marcou o retorno de Yago ao time após se recuperar de lesão sofrida no tornozelo direito.

 

Apesar do armador ter entrado muito bem no segundo tempo, anotando as três bolas que tentou do perímetro, os donos da casa não dependeram apenas do brilho individual dele. Desde o primeiro quarto, o Paulistano atuou de maneira mais coletiva, trocando passes e selecionando muito bem os arremessos, à princípio, se aproveitando das infiltrações dos seus alas e dos arremessos de Renan.

 

Ala-pivô foi um dos sete atletas dos donos da casa a pontuar na casa dos dígitos duplos (Reprodução/NBB) 

 

Mas do outro lado da quadra tinha um time valente, que brigava por cada bola e com melhor posicionamento, conseguindo capturar rebotes ofensivos importantes. Pegando a defesa dos paulistas desequilibrada, converteu cinco bolas do perímetro, fechando o primeiro quarto com vantagem mínima no marcador, 29 a 28.

 

Só que no segundo quarto, os mandantes acertaram o posicionamento defensivo, tirando as sobras e a liberdade que os visitantes tinham no perímetro. Assim, conseguiu tirar proveito da superioridade técnica para retomar a dianteira e construir uma diferença que seria importante no decorrer da partida, em grande período de Leo Meindl, 52 a 42.

 

No começo da etapa complementar, dois baixinhos protagonizaram um duelo de gigantes. Referências técnicas de suas equipes, Yago e Starks comandaram as ações, com direito a arremessos do perímetro, assistências, enfim, um verdadeiro toma lá da cá, que só poderia terminar com uma parcial extremamente equilibrada mas vencida pelos mandantes, que foram para o último período vencendo por 79 a 66.

 

O americano que atua no Joinville bem que tentou chamar a responsabilidade e conduzir seus companheiros à uma virada. Mas nem mesmo as quatro bolas certeiras de Starks da linha dos três pontos foram suficientes para evitar a derrota, uma vez que o CAP soube aproveitar as dobras defensivas da defesa adversária para pontuar com tranquilidade, explorando o trabalho de pernas de Du Sommer, cada vez mais importante no esquema de Régis Marrelli, 109 a 97.

 

Com a vitória, o Paulistano chega ao oitavo triunfo em doze jogos, igualando a campanha do Mogi das Cruzes que, por conta da vitória no confronto direto, permanece dentro do G4 da competição. Já o Joinville, que possui campanha inversa, com oito derrotas em doze duelos, cai para o décimo primeiro lugar, fora do grupo que se classificaria para o Super 8.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados