À frente do marcador desde os primeiros minutos, Paulistano bate Brasília e chega a quinta vitória consecutiva

11/01/2019

 

O Paulistano chegou a quinta vitória consecutiva no Novo Basquete Brasil. Mesmo atuando longe dos seus domínios, a equipe paulista se impôs e foi soberana na vitória sobre o Brasília, por 95 a 71, na Capital Federal. Com o resultado, os comandados de Régis Marrelli voltam a ingressar no G4 da competição, ultrapassando o Mogi das Cruzes, que tem um duelo a menos.

 

O triunfo dessa noite, foi construído de uma maneira um tanto quanto diferente. Acostumado a atuar em velocidade, espaçando a quadra para os arremessos de três pontos, o time visitante contou, dessa vez, com boa cadência no ritmo de jogo e direcionamento para as bolas de dois pontos, com os pivôs do time concentrando grande parte do volume ofensivo (67 pontos vieram do jogo interno).

 

A leitura foi feita por conta da ausência de um pivô de origem no elenco adversário, que viu Ricky Sanchez deixar o grupo na última semana. Assim, os homens mais altos do CAP foram marcados por homens mais baixos, que se esforçaram mas não foram capazes de confrontá-los próximo à cesta.

 

Essa diferente de estatura fez com que os visitantes construíssem o resultado com muita tranquilidade, assumindo as rédeas da partida desde os primeiros minutos. No controle das ações, o Paulistano teve tranquilidade para dar espaço para atletas da segunda unidade, sem que o desempenho caísse e a vantagem fosse embora.

 

Agora o time terá uma semana e meia de descanso antes de voltar às quadras para receber o Pinheiros, no Clássico dos Jardins, que vale, também, uma briga direta por uma vaga dentre os quatro primeiros colocados.

 

Já o Brasília, que segue isolado na lanterna da competição com apenas três vitórias, retorna à cancha já na próxima terça-feira, quando mede forças com o Mogi das Cruzes.

 

O JOGO

 

Os adversários vieram para a partida apostando em estratégias completamente diferentes. Enquanto o Brasília acumulava arremessos precipitados da linha dos três pontos, o Paulistano contava com a visão de jogo apurada de Leo Meindl, que, por diversas vezes, deixou seus companheiros em baixo da cesta. Foi assim, através das bolas de segurança da dupla de pivôs, formada por Guilherme e Antônio, que o time paulista fechou o primeiro quarto com ampla vantagem no marcador, 22 a 11.

 

Os donos da casa voltaram com outra postura para o segundo período. Com uma defesa mais baixa, povoou o miolo defensivo, tirando o espaço que era dominado pelo adversário. Assim, conseguiu ter quadra para sair em velocidade e reduzir a desvantagem para apenas dois pontos após boa aparição de Graham e Rafa Moreira. No entanto, a partir da metade da parcial, voltou a cometer erros diante do pick-and-roll do Paulistano, que conseguiu recuperar a gordura no marcador com grande contribuição de Renan, autor de duas enterradas consecutivas, 43 a 34.

 

Leo Meindl, mais uma vez, foi o termômetro do Paulistano na partida (Reprodução/NBB) 

 

A diferença, que já era considerável, ficou ainda mais confortável no começo da etapa complementar. Ainda que tenha cedidos muitos rebotes ofensivos à equipe candanga, os visitantes tiveram mais paciência para trabalhar a posse bola, conseguindo, assim, colocar a vantagem próxima dos vinte pontos ainda nos primeiros minutos, em sequência de Leo Meindl. Após o retorno de Gui Santos e Graham, o Brasília melhorou o sistema defensivo, conseguindo roubadas de bola que terminaram em contragolpes fáceis. Mas, no minuto final, o time falhou na briga pelo rebote defensivo e viu a diferença subir novamente, 67 a 48.

 

O início do último período foi de extremo equilíbrio. Com boa organização de jogo por parte dos dois armadores, Pedrinho Rava e Yago, os rivais criaram boas situações ofensivas, sobretudo na área pintada, com destaque para as infiltrações de Arthur e o trabalho de pernas de Graterol. Do outro lado, o Paulistano aproveitou as chances que teve na linha do lance livre para ir trocando figurinhas e controlar a vantagem construída ao longo de toda a partida, vencida pelos visitantes por 95 a 71.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados