Mogi sofre nova derrota e dá adeus a Liga das Américas

03/02/2019

O Mogi das Cruzes está eliminado da Liga das Américas. Na noite de ontem, o time perdeu para o Las Ánimas, por 108 a 106, e como já havia perdido para o San Lorenzo na estreia da competição, não tem mais chances de classificação.

 

Assim como na estreia, o time mogiano teve altos e baixos e o preço que se pagou por isso foi altíssimo, dada as ambições da equipe na competição e da qualidade do adversário, que embora seja de uma escola fraca na América do Sul, contava com quatro estrangeiros no quinteto titular.

 

Os gringos foram um dos pontos de desequilíbrio do jogo. Demonstrando certo entrosamento, algo que não é comum para equipes que apostam nesses jogadores para competições e jogos pontuais, concentraram a produção ofensiva do time da casa, sendo responsáveis por 90 pontos da equipe.

 

A atuação de gala do quarteto, mas em especial de Robinson, fez com que os mandantes, depois de um primeiro tempo equilibrado, assumissem o controle da partida, se aproximando da vitória ao final do terceiro quarto.

 

Com muita entrega, Mogi foi buscar o resultado. Liderado por Gui Deodato, que tem crescido de rendimento e se tornado peça fundamental de Guerrinha, e por JP Batista, os brasileiros foram descontando a diferença, conseguindo levar a partida para a prorrogação.

 

Tendo mais a posse de bola em mãos, Gui Deodato tem se destacado. Contra os chilenos anotou um duplo-duplo, com 12 pontos e 10 assistências (FIBA Américas)

 

No tempo extra, a equipe fez um jogo parelho, se alternando na liderança do marcador até os minutos finais, quando ficou decretado nova prorrogação. Aí apareceu a maior carência da equipe brasileira, a falta de profundidade do elenco.

 

Após a exclusão de Gruber, os comandados de Guerrinha ficaram expostos na defesa e perderam força ofensiva. Assim, mesmo com as saída de Louis e Joseph, que também cometeram a quinta falta pessoal, o Las Ánimas controlou os paulistas, confirmando a vitória e a classificação à próxima fase da Liga das Américas, feito histórico para uma equipe chilena.

 

Com a eliminação precoce, o Mogi das Cruzes entra em quadra logo mais, às 19:40, apenas para cumprir tabela. Ainda que o duelo não valha nada para nenhuma das duas equipes, o San Martin também está eliminado, permitirá que o vencedor amenize a má impressão deixada.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags