Em noite dos medalhões, Brasil bate as Ilhas Virgens e garante classificação à Copa do Mundo

22/02/2019

O Brasil está classificado à Copa do Mundo de Basquete, que será realizada em setembro, na China. A classificação veio com uma vitória fora de casa sobre as Ilhas Virgens, por 104 a 80, na penúltima rodada das Eliminatórias da América.

 

Apesar do adversário ter a pior campanha dentre todas as equipes da competição e não ter mais chance de classificação, impôs muita dificuldade à Seleção Brasileira. Sem responsabilidade dentro da partida, atuou de maneira leve, com os jogadores tendo liberdade para explorar as jogadas individuais, ponto forte da equipe.

 

Com dificuldade para conter os avanços do oponente, que levou perigo através dos cortes de Miligan e Peltier, o Brasil não teve, durante todo o primeiro tempo, a oportunidade de sair em transição. Sem a saída em velocidade, ficou refém do trabalho de cinco contra cinco, que não fluiu como esperado, com apenas Benite se sobressaindo no primeiro período.

 

O panorama do confronto começo a mudar após a entrada de três jogadores que possuem uma longa passagem pela seleção brasileira. Com agressividade defensiva e experiência de sobra para tomar as melhores decisões no ataque, Alex, Marquinhos e Leandrinho colocaram o time nos eixos antes mesmo do intervalo.

 

Mais uma vez, Brasil ficou refém da contribuição dos atletas mais cascudos, como Leandrinho. Além dos seus 19 pontos, ainda desequilibrou a defesa adversária (FIBA Américas)

 

Dali, em diante, o Brasil não teve dificuldades para administrar o resultado. Ainda que muitos jovens tenham deixado a desejar (a exceção foi o ala Didi), o que obrigou Petrovic a manter os medalhões em quadra até os minutos finais, a seleção manteve a seriedade, garantindo a vitória sem maiores sustos.

 

Ainda que tenha oscilado e ainda precise incorporar um plano de jogo mais efetivo, a maneira como o passaporte foi carimbado apaga a má impressão deixada pelo país no último ciclo, quando o Brasil precisou de um convite feito pela FIBA, para garantir a presença no Mundial da Espanha. Anos mais tarde, ainda veio à tona que a Confederação Brasileira de Basquete não havia quitado a dívida referente ao convite e, por isso, a Confederação Brasileira de Basquete foi punida.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags