Análise da campanha da Seleção Brasileira nas Eliminatórias e expectativa para o Mundial da China

27/02/2019

Como vocês sabem, a Seleção Brasileira garantiu, nessa semana, sua classificação para a Copa do Mundo de Basquete, que será disputada no mês de setembro, na China. Diferentemente do último ciclo, quando o Brasil só confirmou sua presença na Espanha por meio de um convite feito pela FIBA, dessa vez a classificação veio dentro de quadra.

 

Embora a confirmação da vaga tenha sido confirmada apenas na última janela, com a vitória sobre Ilhas Virgens e República Dominicana, a trajetória brasileira nas eliminatórias americanas foi relativamente tranquila. Com nove vitórias em doze confrontos, a Seleção Brasileira encerrou sua participação no terceiro lugar do Grupo F, atrás apenas do líder Canadá e da Venezuela, que levou a melhor nos critérios de desempate.

 

Missão de Petrovic agora é implementar um sistema de jogo sólido para que à seleção chegue forte no Mundial

 

A grande ressalva, feita pela imprensa e por grande parte dos torcedores, é em relação ao rendimento da equipe. Questionada em determinados momentos da campanha, a seleção terá um desafio muito maior pela frente, já que as principais potências do basquete europeu confirmaram o favoritismo e poderão cruzar o caminho do Brasil no Mundial.

 

Para analisar todos esses componentes - sistema de disputa, realidade da CBB, figura de Petrovic, desempenho da Seleção Brasileira e expectativa para o Mundial - contamos com um convidado que várias vezes esteve conosco em nossos podcast's, Lucas Guanaes, da Locomotiva Esportiva.

 

 

Lembrando que todos as críticas pontuais feitas são para levantar questionamentos e apontar possibilidades de mudanças para melhorias no sistema de disputa, mas principalmente, à Seleção Brasileira. Não se esqueça de compartilhar conosco a opinião de vocês!

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags