Vai e Vem: Brasília

11/06/2019

O torcedor candango teve uma grata surpresa na temporada. Em seu primeiro ano na elite do basquete nacional - o time que subiu é diferente do que marcou história na Capital Federal e hoje roda o país para suprir as necessidades financeiras -, o Brasília garantiu a classificação para os playoffs do Novo Basquete Brasil.

 

Por conta da ausência de um estadual forte, que servisse de preparação para a competição nacional, o clube comandado por André Germano demorou a se encontrar, amargando a lanterna do torneio durante praticamente todo o primeiro turno.

 

Aos poucos, a equipe foi absorvendo as ideias do técnico e entrosando, se tornando um time mais equilibrado e perigoso. Ainda que os atletas experientes tivessem maior volume de jogo, os jovens que saíam do banco de reservas foram dividindo a responsabilidade, condição fundamental para o clube dar um salto na tabela de classificação, terminando a fase regular na nona colocação.

 

Graham será jogador do Flamengo na próxima temporada (Anderson Papel)

 

Nos playoffs, o time fez uma série equilibrada com o Corinthians. Mesmo com menos recursos do que o alvinegro, os candangos venceram atuando em casa e comandaram as ações nos dois jogos realizados em São Paulo, ficando muito próximo da classificação às quartas de final.

 

No entanto, os jogadores mais experientes se sobrecarregaram no número de faltas coletivas e os mais jovens sentiram a pressão de atuar diante de uma torcida inflamada que lotou as arquibancadas do Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge.

 

A missão da diretoria agora é resolver as pendências financeiras para que o projeto tenha continuidade e o planejamento da próxima temporada possa ser iniciado mais cedo, garantindo a manutenção de jogadores fundamentais nesse crescimento de produção do clube.

 

Confirmados: Nezinho (Armador), Pedrinho Rava (Armador), Pedro (Ala-armador), Gui Santos (Ala-armador), Arthur (Ala), Gui Bento (Ala/Corinthians), Ronald (Pivô), José Carlos (Pivô/Mogi das Cruzes), Marcelão (Pivô) e André Germano (Técnico).

 

Podem chegar: Rafa Moreira (Ala).

 

Podem sair: 

 

Não permanecem: Zach Graham (Ala-armador/Flamengo) e Graterol (Ala-pivô).

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags