São José bate o Paulistano e embola classificação do Grupo B

29/08/2019

O São José dos Campos fez as pazes com a vitória. Depois de duas derrotas consecutivas, sofridas para a equipe do Corinthians e do Rio Claro, a Águia venceu o Paulistano, por 66 a 62, se reabilitando na competição.

 

Como de costume nos jogos realizados no Ginásio Lineu de Moura, time e torcida estavam na mesma sintonia e o saldo dessa conexão foi fundamental para o triunfo. Empurrado pelo seu torcedor, a equipe joseense teve uma ótima atuação defensiva.

 

Com mais opções no banco de reservas, a Águia intensificou a marcação em cima de Ruivo. Vigiado de perto pelos marcadores, o armador não teve tempo para pensar e muito menos espaço para organizar o ataque de sua equipe.

 

Sem outro armador de origem à disposição para a partida de hoje, e sem outros atletas com características parecidas dentro do quinteto titular, o desempenho do CAP ficou extremamente comprometido. Com a defesa bem protegida, os donos da casa tiveram tranquilidade para trabalhar do outro lado da quadra.

 

Movimentando a bola com tranquilidade, Diego Figueredo deixou seus companheiros em ótimas situações de concluir as jogadas, sobretudo os homens de garrafão. Precisos nos arremessos de dois pontos, Rafael e Lupa foram os principais expoentes do time joseense em um primeiro tempo de domínio total do time joseense.

 

Rafael, ao fundo, foi o cestinha dos donos da casa com 18 pontos (Arthur Marega Filho/São José Basketball)

 

Na etapa complementar, o Paulistano voltou com outra postura. Defendendo de maneira mais efetiva, o time da capital paulista conseguiu diminuir o volume ofensivo do adversário, em especial próximo à cesta, principal ponto de desequilíbrio na primeira etapa.

 

Na frente, os visitantes penaram mas encontraram uma maneira de atacar. Fora de sua zona de conforto, o CAP contou com o brilho individual de Coleman e a briga incessante de Maique na disputa dos rebotes ofensivos, para chegar a virada, a três minutos do final do jogo.

 

A proximidade no marcador fez com que os minutos finais fossem extremamente tensos. Se beneficiando da experiência dos seus atletas, o São José teve mais tranquilidade para sair de quadra com a vitória, com grande participação de Figueredo, autor de duas bolas do perímetro e de Duda Machado, cirúrgico nos lances livres.

 

Com o triunfo dessa quarta-feira, a Águia chegou a quarta vitória na competição. Apesar de permanecer na quarta colocação do Grupo B, o time se aproximou do próprio Paulistano, segundo colocado com cinco vitórias, apenas uma a mais do que o clube joseense.

 

Por conta disso, os últimos jogos da primeira fase serão determinantes para as ambições das equipes. Na briga por uma vaga direta às quartas de final da competição, o São José tem pela frente o Bauru Basket (fora) e o São João (casa). Já o Paulistano encara o Rio Claro (fora) e o Dragão (casa).

 

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags