Paulistano controla o Rio Claro e segue na briga pela vice-liderança

O Paulistano segue vivo na briga por uma vaga direta às quartas de final do Campeonato Paulista. Nessa quarta-feira, o time comandado pelo técnico Régis Marrelli foi até o interior do estado de São Paulo encarar o Rio Claro.


Mesmo desfalcado de jogadores que possuem papel importante no plano de jogo da equipe, como Yago, Jhonatan e Hubner, os visitantes superaram seus próprios limites e apresentaram mais controle emocional do que o rival, para sair de quadra com um triunfo magro (74 a 73) mas extremamente importante.


A vitória, no entanto, poderia ter sido alcançada de maneira mais tranquila. Desde os primeiros minutos de jogo, o CAP apresentou um equilíbrio maior nos dois lados da quadra. Na defesa, exerceu forte marcação sobre o homem da bola, cortando a linha de passe do oponente.


Na frente, explorou muito bem o trabalho de pick-and-roll realizados entre os armadores da equipe e a dupla de pivôs, formada por Maique e Victão. Com mais mobilidade do que seus marcadores, os atletas saíram em vantagem dos bloqueios, anotando uma enterrada atrás da outra.


Victão aproveitou bem o maior tempo que teve de quadra e anotou 19 pontos (Alê da Costa/Portrait)

Sem a mesma organização do oponente, o Rio Claro conseguiu reequilibrar a partida através de lampejos individuais de Lucious. Ainda que tenha apresentado certa dificuldade no manejo da posse de bola, o armador rompeu a defesa alvirrubra, abrindo espaços para os seus companheiros aparecerem livres no perímetro.


Só que o Leão não soube explorar o momento positivo, precipitando inúmeros arremessos de três pontos quando a equipe tinha oportunidade de passar à frente do marcador. Mesmo com um elenco mais jovem, composto por muitos garotos da categoria de base do clube, o Paulistano teve mais tranquilidade para fechar a partida.


Discreto ao longo da primeira etapa, Eddy exerceu a liderança que possui dentro do clube e chamou a responsabilidade. Com arremessos precisos de três pontos e infiltrações letais, o ala colocou a diferença na casa dos dígitos duplos, praticamente liquidando o confronto.


Nos minutos finais, o Rio Claro esboçou uma última tentativa de reação. Apesar de Enzo ter encaçapado mais duas bolas certeiras do perímetro, os visitantes souberam controlar a vantagem construída no início do último período para sair de quadra com um resultado extremamente importante.


Com a vitória no interior paulista, o Paulistano chega a seis vitórias em nove jogos igualando a campanha do Bauru, segundo colocado do Grupo B do Campeonato Paulista. Por ironia do destino, na próxima segunda-feira, o Tigre recebe o Dragão, em um confronto direto por uma vaga direta às quartas de final.


Já sem chances de ficar com uma vaga antecipada às quartas de final, o Rio Claro canaliza as energias em busca do mando de quadro nas oitavas de final. Mas para isso acontecer, o time terá primeiro que torcer para um tropeço do São José dos Campos, diante do São João, e depois fazer sua parte, no domingo, diante do Corinthians.


Postagens Recentes
Arquivo
Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados