Bauru derrota o Boca e se garante na final do Torneio Interligas

07/09/2019

O Bauru Basket é o primeiro finalista do Torneio Interligas 2019. Depois de bater o La Union e o Basquete Cearense, a equipe bauruense venceu o confronto direto contra o Boca Juniors, por 74 a 62, e se sagrou campeão da Etapa Brasil.

 

Mas diferentemente do que havia acontecido nas duas primeiras rodadas, em que os donos da casa tiveram controle total da partida, o Dragão encontrou dificuldades para superar os hermanos, especialmente nos minutos inicias da partida.

 

Atuando ao melhor estilo argentino, Eric Flor e Gargallo cadenciaram o ritmo de jogo, organizando os ataques da equipe xeneize de maneira efetiva. À princípio, os visitantes concentraram as investidas na área pintada, apostando no vigor físico de Boccia e Reggie.

À medida que o Bauru recuou a sua defesa para proteger melhor o garrafão, os hermanos incorporaram arremessos de fora, com Sansimoni e Eric, o que desencadeou em um primeiro quarto amplamente favorável aos visitantes, causando certa preocupação nos donos da casa.

 

Sem poder contar com Renato, que sentiu o músculo adutor durante o aquecimento, e administrando o tempo de quadra de Wiggins e companhia, uma vez que na segunda o time tem confronto decisivo com o Paulistano, pelo Campeonato Paulista, o Dragão recorreu aos seus jogadores da base.

 

Mesmo preservado durante alguns momentos, Wiggins foi o cestinha da partida com 21 pontos (Victor Lira/Bauru Basket) 

 

Com muita personalidade e intensidade defensiva, Samuel e Emanuel pressionaram os armadores adversários, tirando o rival de sua zona de conforto e, consequentemente, baixando sua produção ofensiva.

 

A solidez defensiva deu condições do time sair em velocidade. Contando com suporte de Larry Taylor, a dupla de garotos abriu a caixinha de ferramentas, pontuando tanto em infiltrações, quanto em arremessos de média e longa distância.

 

A distribuição no volume de jogo permitiu aos donos da casa irem tomando conta das ações. Apesar da tentativa de reação do oponente na etapa complementar, o Dragão mostrou consistência para manter a vantagem construída no segundo período.

 

Com Wiggins cada vez mais adaptado ao basquete brasileiro e ao sistema de jogo da equipe, o Bauru Basket consolidou o triunfo e se garantiu na decisão do torneio, para felicidade de Demétrius Ferracciú, que não conteve a emoção para falar do desempenho da equipe e a personalidade dos atletas mais jovens.

 

"Conseguimos imprimir um bom ritmo de jogo na segunda etapa e o mais importante foi que os meninos da base que imprimiram o ritmo. Não é fácil desempenhar um trabalho de base no Brasil. Nós já perdemos muitos garotos. Hoje esses meninos entraram e mudaram o jogo, valorizando o trabalho da base, do Dragãozinho."

Na decisão, o time bauruense vai encarar o vencedor da Etapa Argentina, que sai do confronto entre Regatas Corrientes e Comunicaciones, marcado para amanhã. Como já está pré-determinado que a decisão seria no Brasil e o Dragão é o único representante nacional, o Panela de Pressão será o palco da finalíssima, no próximo sábado.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags