Com grande primeiro quarto, Paulistano derrota o Botafogo

30/10/2019

O Paulistano conquistou uma vitória importante nessa terça-feira. Mesmo atuando fora de casa, o time comandado por Régis Marrelli impôs seu ritmo de jogo e venceu o Botafogo, pelo placar de 84 a 70, em confronto válido pela quarta rodada do Novo Basquete Brasil.

 

O grande trunfo apresentado pela equipe paulista foi a maneira com que o Tigre começou a partida. Com uma formação leve e versátil, os visitantes anularam completamente a troca de passes dos mandantes, minando o volume de jogo de peças importantes do alvinegro, como Cauê Borges e Lucas Mariano.

 

Com a defesa bem postada, o CAP teve condições de fazer o que sabe de melhor. Na transição, explorou a solidariedade de Solano e a pontaria afiada de Yago nas bolas de três pontos para tomar conta do duelo, abrindo, logo de cara, uma diferença superior a quinze pontos.

 

No segundo período, o clube de General Severiano melhorou o rendimento defensivo, mas ainda encontrava dificuldades para construir as jogadas no ataque, precipitando arremessos e cometendo erros ofensivos. Por conta disso, seguiu sofrendo com os contragolpes rápidos dos paulistas.

 

Além do armador da seleção brasileira, outros cinco atletas do Tigre pontuaram acima dos dez pontos (Marcelo de Melo/Tabela Carioca) 

 

Com Yago recebendo atenção maior da defesa alvinegra, Solano serviu outros companheiros, como Ruivo e Dikembe. Dividindo o volume de jogo entre os arremessos longos do armador, com as bolas de segurança do pivô, o Paulistano ampliou seu domínio, abrindo vinte e dois pontos de frente ao final do primeiro tempo.

 

O time comandado por Léo Figueiró voltou diferente para a etapa complementar. Liderado por atletas que vieram do banco de reservas, a equipe carioca sufocou os armadores do oponente, tirando-os de sua zona de conforto, e tendo, pela primeira vez na partida, a oportunidade de sair na transição.

 

Com Coelho no comando das ações, Fred agressivo nas infiltrações e Diego e Du Sommer sendo mais efetivos na área pintada, o Botafogo chegou cortar a desvantagem para apenas nove pontos no final do terceiro período, incendiando o Ginásio Oscar Zelaya.

 

Mas a esperança do torcedor botafoguense em ver uma virada histórica de sua equipe não durou muito tempo. Logo no primeiro minuto do último quarto, Solano e Eddy converteram arremessos de três pontos, recolocando a diferença próxima dos quinze pontos e esfriando a reação dos donos da casa.

 

Com a vitória conquistada fora de casa, o Paulistano se recuperou das derrotas sofridas para o Mogi das Cruzes e o Flamengo e chegou a segunda vitória na competição, ultrapassando o rival e assumindo a oitava posição na tabela de classificação.

 

Além de perder três posições com a derrota para o CAP, o Botafogo ainda deixou a quadra debaixo de protestos de sua torcida, que está descontente com o basquete apresentado pela equipe nesse inicio de temporada. Apesar de estar classificado para às semifinais da Sulamericana, o time não fez grandes jogos na primeira fase.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags