Bauru não toma conhecimento e passa por cima do Brasília

17/11/2019

O Bauru Basket conquistou um resultado pra lá de expressivo. Na manhã desse domingo (17), o time bauruense foi até a capital federal e passou por cima do Brasília, vencendo os donos da casa por 96 a 62 e se reabilitando da derrota sofrida no meio de semana para o Paulistano.

 

Diferentemente de todas as outras partidas da equipe no campeonato, o Dragão apresentou, finalmente, uma defesa agressiva e consistente, não deixando o nível de atuação cair em nenhum momento do confronto, como a comissão técnica vinha cobrando dos atletas nas rodadas anteriores.

 

Além de exercer uma pressão muito forte em cima de Pedrinho Rava, que ficou encarregado de substituir Nezinho (suspenso por reclamar da arbitragem no embate contra o Flamengo), o time paulista também intensificou a marcação dentro do garrafão, realizando dobras bem ajustadas em cima de Ronald e Fiorotto.

 

Com a defesa bem postada, Bauru diminuiu consideravelmente o volume de jogo do clube candango e teve condições de sair no contragolpe, onde, mais uma vez, Faggiano brilhou. Com leitura de jogo apurada, o armador soube distinguir o momento correto de partir em direção à cesta e também a hora exata de municiar os seus companheiros.

 

Faggiano anotou quatorze pontos e distribuiu sete assistência, clareando o ataque bauruense (Felipe Mendes/Universo Brasília)

 

Fazendo jus a uma das principais jogadas ensinadas na escola argentina de basquete, o camisa 3 usou e abusou dos bloqueios realizados por Massey e Renato, para romper a linha de defesa adversária e servir a dupla de pivôs, extraindo o que cada um deles pode entregar de melhor no ataque.

 

Enquanto o norte-americano caprichou nos arremessos de longa distância, convertendo cinco tiros do perímetro, o camisa 15 atuou mais próximo da cesta, tirando proveito do belo trabalho de pernas para anotar quatorze pontos em bolas de segurança.

 

Embora o trio tenha sido determinante para o triunfo bauruense, outros atletas também tiveram desempenho de destaque. Vindo do banco de reservas, Lucas Brito, Gabriel Jaú e Gabriel Mendes anotaram trinta pontos, auxiliando na distribuição do volume de jogo e, consequentemente, na manutenção do padrão de exibição.

 

Massey anotou 19 pontos e garantiu 10 rebotes, anotando o seu quarto duplo-duplo no NBB (Felipe Mendes/Universo Brasília)

 

Com a vitória assegurada, Demétrius não pensou duas vezes para substituir os titulares e dar uma oportunidade para garotos que ainda lutam para recuperar e/ou encontrar seu espaço no sistema de jogo da equipe, como o ala-pivô Emanuel e o pivô Malachias.

 

A medida visa, sem sombra de dúvidas, a sequência do Dragão na competição. Na próxima terça-feira, o time paulista encara o Minas Tênis Clube, em um confronto que pode ser o divisor de águas para as pretensões da equipe na competição, já que o clube teve um início de campeonato discreto e busca se aproximar do pelotão de cima na tabela de classificação.

 

Enquanto o clube bauruense se apega a atuação desse domingo para tentar se recuperar na competição, o Brasília precisará apagar da memória a atuação apática que teve diante dos paulistas para tentar retomar o caminho das vitórias, já que na quinta-feira, o time terá pela frente o Franca, um adversário ainda mais indigesto que o Bauru Basket.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags