Mogi das Cruzes vence o Minas e assume a terceira colocação do NBB

05/12/2019

O Mogi das Cruzes conquistou uma vitória importantíssima para seguir dentro do G4 do Novo Basquete Brasil. Nessa quarta-feira, a equipe comandada pelo técnico Guerrinha fez valer o mando de quadra e venceu o Minas Tênis Clube, por 91 a 84, em confronto válido pela décima segunda rodada da competição.

 

O time paulista foi superior durante os quarenta minutos de jogo. Com boa consciência tática e entrosamento afiado, os donos da casa conseguiram envolver a defesa adversária e pontuar através das jogadas de segurança entre os armadores e os pivôs da equipe.

 

Nem a lesão sofrida por Fúlvio, no decorrer do segundo quarto, comprometeu o rendimento da Jaguatirica. Isso porque o ala-armador Danilo Fuzaro teve muita personalidade e qualidade para exercer a função de articulador, ditando o ritmo do time mogiano.

 

Com 24 pontos anotados, Danilo foi o cestinha da partida (Antonio Penedo) 

 

Quem também auxiliou na construção de jogo, foi o ala André Góes. Com inteligência, o camisa 40 se desvencilhou da marcação minastenista, deixando os pivôs da equipe em ótimas condições de pontuar.

 

Com bom trabalho de pernas e pontaria calibrada nos arremessos de média distância, Paranhos e Gruber levaram ampla vantagem sobre os seus marcadores. O domínio da dupla no garrafão, facilitou o trabalho coletivo dos donos da casa.

 

Enquanto o Mogi trabalhava a bola com paciência, explorando as virtudes de cada um dos seus atletas, o Minas demonstrava certa ansiedade para costurar as jogadas, individualizando as ações e precipitando muitas bolas de fora, que comprometeram o desempenho da equipe.

 

Por conta disso, mesmo com uma condição física melhor do que o rival, os visitantes não conseguiram encaixar uma reação consistente na segunda etapa, quando os paulistas têm, habitualmente, perdido um pouco de intensidade para imprimir uma defesa forte e sair no contragolpe.

 

Dessa maneira, a Jaguatirica não encontrou dificuldades para confirmar a vitória que lhe coloca no terceiro lugar da tabela de classificação, com oito triunfos em onze partidas realizadas.

 

Já o Minas Tênis Clube segue na zona intermediária da tabela de classificação, ocupando apenas a nona colocação, com quatro vitórias em nove jogos disputados. Nesse momento o clube estaria de fora, inclusive, da Copa Super 8.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo