Com grande último quarto, Mogi das Cruzes vence o Basquete Cearense

10/12/2019

O Mogi das Cruzes deu sequência no bom momento vivenciado na temporada. Nessa segunda-feira o clube paulista foi até Fortaleza e desbancou a equipe do Basquete Cearense, derrotando os donos da casa pelo placar de 71 a 67.

 

A vitória mogiana foi conquistada através do espírito de luta do time. Sem poder contar mais uma vez com a dupla de armadores, formada por Fúlvio e Alexey, e o pivô João Pedro, os visitantes encontraram muitas dificuldades para atuar de maneira organizada.

 

Por mais que Guerrinha tenha testado diversas modificações no decorrer do confronto, a Jaguatirica não conseguiu movimentar a posse de bola, se tornando uma presa fácil para a marcação do Carcará.

 

Diante da boa marcação exercida sobre o adversário, os comandados de Danyel Russo tiveram tranquilidade para trabalhar a posse de bola na quadra de ataque. Liderado pelas jogadas de pick-and-roll entre Rashaun e Marcus Vinícius, o Basquete Cearense ditou o ritmo das ações.

 

Apesar da superioridade dos donos da casa, o Mogi das Cruzes não desistiu em nenhum momento da partida. E esse comprometimento do clube paulista foi um fator preponderante para a equipe se recuperar na volta do intervalo, reequilibrando o confronto.

 

Como os garotos da base não estavam dando conta do recado na hora de organizar o time, Guerrinha resolveu abrir mão de uma formação com dois armadores para reforçar o garrafão mogiana com a entrada de Fabrício Russo e manutenção de Paranhos.

 

Agressivos na disputa pelos rebotes, a dupla conseguiu estancar a produção ofensiva do oponente e sair no contragolpe, onde brilhou a estrela de André Góes. Com controle de bola e arremessos precisos de média distância, o ala-armador liderou a reação da Jaguatirica.

 

Camisa 40 terminou o duelo com 18 pontos marcados e 09 rebotes capturados (Stephan Eilert) 

 

De ponto em ponto, os visitantes foram diminuindo a desvantagem no marcador, até chegar a virada, já nos minutos finais do embate, em um arremesso preciso de Fabrício. Após assumir a liderança, o clube paulista demonstrou força para conter a reação do Carcará e consumar a vitória na linha do lance livre.

Com o triunfo conquistado fora de casa, o Mogi das Cruzes deu um passo importantíssimo para as suas pretensões no campeonato, já que chegou a nona vitória - a terceira de maneira consecutiva -, mantendo-se na terceira colocação na tabela de classificação.

 

Já o Basquete Cearense desperdiçou mais uma oportunidade de se aproximar da zona de classificação aos playoffs da competição. Com apenas três triunfos em treze jogos realizados, o Carcará amarga a décima quinta colocação, a frente apenas do Pato, que não conquistou nenhuma vitória no torneio.
 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags