Franca atropela o Aguada e avança às quartas da Champions League

21/12/2019

O Franca Basquete é o último time classificado para as quartas de final da Champions League de Basquete das Américas. Nessa sexta-feira, o clube brasileiro não tomou conhecimento do Aguada, vencendo o confronto direto contra os uruguaios, no Ginásio Palácio Peñarol, em Montividéu, pelo placar de 88 a 50.

Como o placar já indica, a equipe paulista teve domínio completo das ações. Mesmo entrando em quadra em uma situação desconfortável, já que vinha de cinco derrotas consecutivas que custou a perda da liderança no Novo Basquete Brasil e a ameaça de uma eliminação precoce na Champions League, os visitantes tiveram muita personalidade.

 

Descontente com o rendimento de alguns jogadores titulares da equipe, o técnico Helinho Garcia promoveu diversas modificações no quinteto inicial, dando oportunidade para outros atletas começarem jogando, como o ala Schattmann e o pivô Márcio, formado na base do time francano.

 

Embora a dupla não tenha sido protagonista na partida, tiveram um comprometimento exemplar na defesa, mexendo com o brio dos demais companheiros e fazendo com que o sistema defensivo de Franca, facilmente combatido nas rodadas anteriores, voltasse a funcionar como nos velhos tempos.

 

Exercendo grande pressão sobre Bavosi, os visitantes conseguiram evitar que a posse de bola chegasse nas mãos do pivô Lee Roberts. Com o seu cestinha bem monitorado, os donos da casa não encontraram outra alternativa para atacar e precipitaram diversos arremessos, dando o contragolpe ao oponente.

 

Time paulista soube congestionar o garrafão para anular a principal jogada do adversário (Reprodução/FIBA Américas)

 

Em superioridade numérica, os pupilos de Helinho Garcia rodaram a bola com velocidade, explorando, com muita inteligência, o entrosamento afiado dos armadores e os pivôs, para realizar jogadas de pick-and-roll, desequilibrando a defesa uruguaia e criando espaços na linha dos três pontos.

Com liberdade e qualidade técnica de sobra, David Jackson, Schattmann e Rafael Hettsheimeir converteram dez dos quinze arremessos de longa distância, liderando o Franca a uma vitória extremamente tranquila, que lhe coloca nas quartas de final da Champions League de Basquete das Américas.

No mata-mata, o time brasileiro enfrentará a equipe de San Lorenzo de Almagro, em uma série melhor de três partidas que começará a ser disputada no dia 14 de janeiro. Por ter feito uma campanha melhor na primeira fase, os argentinos terão o direito de fazer o segundo e o terceiro confronto no Ginásio Roberto Pando, em Buenos Aires.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo