Com cesta no estouro do cronômetro, Franca dá adeus à Champions

21/01/2020

O San Lorenzo está na semifinal da Champions League de Basquete das Américas. Nessa segunda-feira, o Ciclón fez valer o mando de quadra e conquistou uma classificação heroica sobre a equipe do Franca Basquete, derrotando os brasileiros por 75 a 73, com a cesta decisiva anotada no estouro do cronômetro.

 

Diferentemente dos anos anteriores, em que tinha uma superioridade técnica sobre as demais equipes do continente, os argentinos encontraram muitas dificuldades para trabalhar a posse de bola, sendo facilmente anulados pela defesa agressiva do time paulista no primeiro quarto de partida.

 

Com bom posicionamento defensivo e trocas bem ajustadas, Franca conseguiu neutralizar a participação de Penka Aguirre, comprometendo o sistema de jogo do Cuervo. A segurança defensiva permitiu que o clube saísse em velocidade, onde teve paciência para rodar a posse de bola até encontrar um companheiro melhor posicionado.

 

Sob batuta de David Jackson e Lucas Dias, os visitantes tiveram aproveitamento próximo a 70% nas bolas de três pontos, número que possibilitou aos comandados de Helinho abrirem dez pontos de vantagem e assumirem as rédeas da partida, esfriando os torcedores locais.

 

Mas após muitas modificações na formação do quinteto titular, Néstor García encontrou uma configuração capaz de articular os passes e romper a pressão exercida por Elinho e Jimmy na primeira linha defensiva francana, posicionada na cabeça do garrafão, equilibrando o duelo logo nos primeiros minutos do segundo período. 

 

Na tentativa de conter as infiltrações de Vildoza e Gonzalez, os homens de garrafão subiram a marcação mas como chegaram atrasados na marcação rapidamente ficaram carregados de falta, causando uma dor de cabeça para Helinho, que teve que administrar a situação ao longo de todo o combate.

 

Gonzalez saiu do banco e desequilibrou o duelo, anotando 20 pontos (FIBA) 

 

Mesmo com Hettsheimeir pendurado ainda no segundo quarto, o Franca conseguiu proteger o seu garrafão das investidas do adversário, já que Lucas Dias teve um ótimo desempenho nos dois lados da quadra, levando ampla vantagem no duelo particular com o uruguaio Esteban Batista.

 

Com a volta do Canela, manutenção de Lucas Dias e a presença de dois armadores em quadra, os visitantes souberam cadenciar o ritmo de jogo, cuidando bem da posse de bola e dando uma aula de pick-and-roll. Assim, chegou a abrir seis pontos de vantagem no decorrer do último período, se aproximando da vitória.

 

Mas quando tudo parecia sob controle, a equipe sentiu o peso da partida, cometendo violações e precipitando arremessos de três pontos, que possibilitaram a reação dos donos da casa. De ponto em ponto, os hermanos diminuíram a diferença e chegaram a virada com uma cesta de Piñero no estouro do cronômetro.

 

Com a vitória sobre os brasileiros, o Cuervo se garantiu nas semifinais da competição, onde terá pela frente o clássico contra o time do Quimsa. Já o Franca volta às atenções para o Novo Basquete Brasil, competição que o clube é vice-líder, com onze vitórias em quinze jogos.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags