Corinthians controla o ritmo de jogo e vence o Rio Claro

12/02/2020

O Corinthians retomou o caminho das vitórias no Novo Basquete Brasil. Depois de sofrer duas derrotas consecutivas em sua caravana pelo interior paulista, onde foi derrotado para o Franca e o Bauru Basket, o clube do Parque São Jorge recebeu a equipe do Rio Claro e fez valer o mando de quadra, derrotando o Leão pelo placar de 88 a 79.

 

O reencontro com a sua torcida foi fundamental para a reabilitação na competição nacional, especialmente porque três dos principais cestinhas da equipe (Fischer, Robinson e Vezaro) foram muito bem marcados pela defesa adversária, anotando apenas dezoito pontos, ficando abaixo da produção habitual que é próxima de 32 tentos por jogo. 

 

Com os líderes técnicos da equipe neutralizados, sobrou espaço para que outros jogadores do elenco alvinegro assumissem o protagonismo do clube, provando o seu valor individual e comprovando a força do elenco corinthiano, montado à dedo para essa temporada.

 

Vindo do banco de reservas, Arthur Pecos assumiu a construção de jogo do time, municiando muito bem o ala-armador Fuller e o ala-pivô Nesbitt, dois dos principais expoentes ofensivos da equipe no confronto contra o time do interior paulista.

 

Atleta bahamense anotou um duplo-duplo ao computar 27 pontos e capturar 11 rebotes (Beto Miller/Agência Corinthians)

 

Embora os gringos tenham contribuído de maneira significativa, aumentando a média de pontos do Timão na temporada (82 pts), os visitantes conseguiram causar o mesmo impacto com a bola nas mãos. Com bom controle de bola, Figueroa conseguiu explorar as trocas defensivas do rival para alimentar a dupla de pivôs, formada por Ansaloni e Gérson.

 

Por conta disso, os adversários protagonizaram um duelo extremamente disputado, onde prevaleceu o estudo e o equilíbrio, sendo decidido somente nos instantes finais de jogo, onde os mandantes tiveram mais tranquilidade para concluir as tramas ofensivas, liquidando o confronto em infiltrações de Robinson e Wesley Castro.

 

Com a vitória conquistada diante do seu torcedor, o alvinegro garantiu a reabilitação na competição e ultrapassou o Paulistano e a Unifacisa, saltando do nono para o sétimo lugar na tabela de classificação (11 vitórias em 21 partidas realizadas), posição que lhe daria o direito de decidir as oitavas de final dentro de casa.

 

Embora não tenha perdido nenhuma posição com a derrota sofrida fora de casa, o Rio Claro desperdiçou a chance de encostar no pelotão intermediário. Com nove vitórias conquistadas em vinte e um jogos disputados, o Leão encontrasse na décima segunda posição, distante das equipes mencionadas anteriormente.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo