Vai e vem: Bauru Basket

24/06/2020

Quando o Novo Basquete Brasil foi interrompido por causa da chegada do Coronavírus ao país, o Bauru Basket não esperou muito tempo e comunicou à Liga Nacional de Basquete que não seguiria na competição, caso ela fosse retomada, pois prezava pela saúde dos seus atletas e tinha como meta honrar os vínculos assumido com eles para se preparar para a próxima temporada com cautela.

 

Com o avanço da pandemia no país e a impossibilidade de retomada da competição, encerrada após um longo período de análise por parte de um comitê formado por dirigentes e médico dos clubes, além de representantes da LNB, o passo dado pelo Dragão mostrou-se adequado.

 

O pioneirismo bauruense possibilitou que o time do interior paulista honrasse o compromisso firmado com todos os jogadores que defenderam as cores do clube na temporada 2019/2020, conforme o presidente do clube, André Goda, nos confirmou:

"Preservamos o bem mais valioso que é a saúde e, além disso, ela permitiu adequar os gastos em face da queda de receita. Foram pagas todas as rescisões de contrato de trabalho dos atletas e o planejamento para a temporada segue em curso, buscando otimizar da melhor maneira os recursos financeiros disponíveis."

Com os contratos dos atletas quitados, o clube da Cidade Sem Limites mantém conversas diárias com os patrocinadores atuais da equipe, sobretudo com representantes da Sendi Engenharia e Construções, para negociar a renovação contratual para mais uma temporada.

 

Permanência de Faggiano é uma das prioridades da diretoria bauruense (Victor Lyra/Bauru Basket)

 

Enquanto aguarda a definição dos principais patrocinadores para ter ciência do orçamento que terá disponível para a montagem do elenco, a diretoria do clube mantém conversas com alguns atletas que disputaram a última temporada pelo clube e monitora o mercado nacional em busca de nomes que possam agregar valor ao elenco.

 

No entanto, a direção bauruense terá que lidar com um déficit inesperado, já que, na última semana, o clube recebeu duas multas da FIBA por débitos com agentes do ex-jogador Robert Day e do ala-pivô Jeremiah Massey.

 

Confirmados: 

 

Podem chegar/permanecer: Lucas Faggiano (Armador), Larry Taylor (Ala-armador), Alex Garcia (Ala-armador/Minas Tênis Clube), Nick Wiggins (Ala-armador), Gabriel Jaú (Ala), Emanuel (Ala), Tyrone (Ala-pivô/Minas Tênis Clube), Malachias (Pivô) e Demétrius (Técnico).

 

Podem sair: Lucas Brito (Armador), Samuel Pará (Ala-armador), Gabriel Jaú (Ala-pivô/Paulistano), Draper (Ala-pivô), Renato Carbonari (Pivô).

 

Não permanecem: Lucas Brito (Armador), Crescenzi (Ala-armador) e Gabriel Mendes (Pivô).

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo