Festa de Melhores do Ano coroa temporada espetacular de Georginho

11/07/2020

Na noite dessa sexta-feira, dia 10 de julho, aconteceu o evento de Melhores do Ano do Novo Basquete Brasil. A cerimônia, que foi realizada de maneira virtual por conta das medidas de isolamento social impostas pelos órgãos de saúde para conter o avanço do Novo Coronavírus no país, marcou oficialmente o encerramento da temporada 2019/2020 do campeonato nacional.

 

Embora a competição tenha acabado de maneira abrupta, quando ainda restavam quatro rodadas para o final da primeira fase do torneio, houve muitos marcos positivos na edição atual, que tinha tudo para ficar marcada como a mais equilibrada e de maior nível técnico de todos os tempos.

 

Para que os feitos não ficassem de lado e que fossem cumprido os acordos comerciais, a Liga Nacional decidiu organizar o evento e o grande destaque da noite foi o armador Georginho. Depois de uma passagem discreta pela equipe do Houston Rockets, em 2017/2018, o jovem retornou ao Brasil disposto a escrever uma nova historia.

 

Com a camisa do São Paulo, Georginho mudou de postura e passou a explorar o seu vigor físico, atuando mais próximo da cesta, aspecto que fez suas médias alcançarem números excepcionais. Nos 26 jogos que disputou pelo tricolor paulista na competição, o camisa 14 anotou 15,5 pontos, capturou 8,7 rebotes e distribuiu 7,5 assistências.

 

Próximo objetivo do armador é encontrar o seu espaço na Seleção Brasileira de Basquete (Reprodução/LNB)

 

O desempenho de Georginho ajudaram o Soberano a se transformar em uma das principais potências do país na modalidade, brigando, ponto a ponto, pela liderança do campeonato com Flamengo e Franca.

 

Como não poderia ser diferente, o jovem faturou os prêmios individuais de melhor armador, jogador que mais evoluiu e o troféu de jogador mais valioso da competição, premiação mais aguardada da temporada.

 

Assim que ficou sabendo da conquista do prêmio de MVP, Georginho comentou sobre as dificuldades que passou nas últimas temporadas e agradeceu à toda comunidade tricolor pela contribuição que tiveram para a sua consolidação no basquete nacional.

 

"Por muito tempo eu desacreditei do meu potencial, e essa temporada no São Paulo me fez dar a volta por cima. Hoje dá para ter noção de tudo o que eu conquistei profissionalmente e pessoalmente. Fiquei muito ansioso por esse prêmio e agora eu só tenho a agradecer à minha família, meus amigos, companheiros de time, comissão técnica, e a todos que apoiaram e até mesmo aqueles que duvidaram de mim."

 

Completaram o quinteto ideal da competição os alas Marquinhos e André Góes, além da dupla de garrafão, composta por Rafael Hettsheimeir e Devon Scott.

 

Nas demais categorias, Leo Demétrio faturou o troféu de melhor sexto homem, Alex Garcia retomou o trono de melhor defensor, David Jackson ganhou o prêmio de melhor estrangeiro, Dikembe como destaque jovem e Guerrinha de melhor técnico da temporada.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados