Franca dita o ritmo de jogo e supera o Mogi das Cruzes

23/10/2020

O Franca garantiu a segunda colocação do Grupo B do Campeonato Paulista. Em confronto válido pela quinta e última rodada da primeira fase da competição, o time francano venceu o confronto direto contra a equipe do Mogi das Cruzes com certa tranquilidade, 98 a 80.

A diferença no marcador é reflexo da diferença estrutural e técnica entre os clubes. Com mais recursos financeiros à disposição, Franca possui um elenco mais qualificado e ligeiramente mais profundo do que o oponente.

Mais uma vez, coube ao armador Elinho Corazza controlar o ritmo de jogo e alimentar os seus companheiros, tendo como principais referências ofensivas o ala Danilo Fuzaro e o ala-pivô Lucas Dias.

 

Com boa leitura de jogo e recurso técnico, a dupla buscou o jogo interno, pontuando em infiltrações, arremessos de média distância e na linha do lance livre, já que em muitas das vezes os atletas só eram parados com faltas.

 

Agressivo em direção à cesta, Fuzaro fez sua melhor partida com a camisa francana (Marcus Limonti/Franca Basquete)


À medida que o adversário redobrou a marcação sobre a dupla, os donos da casa contaram com a boa exibição de dois jovens formados na base do clube. Vindo do banco de reservas, Gui Abreu (16) e Márcio (14) ultrapassaram a casa dos dígitos duplos, sendo peças importantes na distribuição do volume de jogo.

Dessa maneira, Franca foi envolvendo o adversário gradativamente, transformando o embate, que tinha tudo para ser mais equilibrado, em jogo de uma equipe só. Agora a equipe aguarda a definição dos jogos da outra chave para conhecer o seus adversários na próxima fase, que será disputada no Ginásio Panela de Pressão, já que o Bauru possui melhor campanha.

 

O JOGO

 

Os primeiros minutos de partida ficaram marcados pelo equilíbrio entre os adversários. Apresentando certa hesitação na hora de articular e concluir as jogadas de ataque, os times forçaram muitos arremessos, facilitando o trabalho defensivo do oponente.

 

Aos poucos, o Franca melhorou o controle de bola e a leitura de jogo, passando a explorar o acúmulo de faltas coletivas do rival para cobrar lances livres. Com belo aproveitamento no fundamento, os donos da casa foram abrindo vantagem no marcador, ao mesmo tempo que pendurava peças importantes dos visitantes, 24 a 12.

 

No começo do segundo período, os técnicos promoveram diversas trocas em suas equipes e os bancários não desperdiçaram a oportunidade que receberam. Com personalidade e pontaria certeira, Gui Abreu e Lessa emplacaram uma sequência de bolas de três pontos, em uma troca acirrada de cestas.

No retorno dos titulares à quadra, Fúlvio bem que tentou liderar a reação do Mogi das Cruzes, mas a cada arremesso convertido pelo armador, havia uma resposta imediata dos mandantes, sobretudo com Danilo Fuzaro e Lucas Dias, que dominou a área pintada no primeiro tempo de partida, 52 a 39.

 

Lucas deixou a quadra com 18 pontos marcados (Marcus Limonti/Franca Basquete) 

 

Assim como na parcial anterior, a Jaguatirica soube trabalhar a posse de bola na quadra de ataque, sendo incisiva nas infiltrações de Cassiano e Lessa, mas o time do Alto Tietê apresentou muitas falhas defensivas, deixando o garrafão completamente desprotegido.

De maneira inteligente, Lucas Dias percebeu que estava recebendo atenção especial da defesa adversária e distribuiu inúmeras assistências para que o jovem Márcio pontuasse em bolas de segurança. Nos instantes finais do quarto, ainda deu tempo de Adyel e Gui Abreu rasgarem a defesa mogiana e aumentarem a diferença no placar, 79 a 54.

 

Com o confronto praticamente liquidado, o Mogi das Cruzes pôde atuar sem muita responsabilidade no último período. Já pensando na evolução do time para a sequência da competição, a equipe conseguiu ser mais efetiva com a presença de dois armadores de origem e Coleman tendo liberdade para arremessar.

O volume de jogo do gringo, somado à boa aparição de Cassiano, fez com que os visitantes impusessem o seu ritmo de jogo no último período, sendo ligeiramente superior ao adversário, 98 a 80.

 

Please reload

Postagens Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados