Franca domina o Paulistano e conquista o tricampeonato paulista

A terça-feira do dia 10 de novembro de 2021 vai ficar marcada na memória do torcedor francano. Pela segunda vez na história, o time do interior paulista conquistou o tricampeonato consecutivo do Campeonato Paulista de Basquete, repetindo o feito da equipe que vestiu a camisa do Touro entre 1975 e 1977. Quis o destino que a façanha fosse conquistada em cima do Paulistano, na terceira decisão entre as equipes nas últimas quatro temporadas do estadual. Diferentemente das outras duas ocasiões, em que o equilíbrio prevaleceu, dessa vez o que se viu foi uma supremacia dos atletas comandados pelo técnico Helinho Garcia.


Franca cresceu na reta final da competição e conquistou o título de maneira incontestável (Ale da Costa)


Bem posicionado dentro de quadra, o time da Capital do Basquete pressionou os armadores do adversário, que ficaram sem opções para trabalhar a posse de bola na área pintada, o que levou o clube a cair na armadilha de concluir as jogadas com arremessos forçados de três pontos, que não levaram perigo algum à equipe francana. Mesmo com certa dificuldade na captura dos rebotes defensivos, os visitantes conseguiram recuperar a posse de bola e organizar os ataques. Com Elinho no comando das ações, André Góes (14) e Lucas Dias (17) precisos no perímetro, o Touro foi ampliando a vantagem no marcador de maneira gradativa e consistente. A vantagem no marcador permitiu ao técnico francano dar oportunidade para os jovens terem mais tempo de quadra no decorrer da segunda etapa. Com personalidade de sobra, Gui Abreu e Márcio Santos mostraram segurança na defesa e contabilizaram pontos importantes para a manutenção da liderança e o desenvolvimento pessoal. Por meio da assessoria de imprensa do Franca, o comandante Helinho Garcia celebrou a conquista do tricampeonato, principalmente pelas dificuldades encontradas para a montagem do elenco, devido a redução orçamentária:

"Esse título é fruto de muito trabalho. Trabalho da comissão técnica, dos jogadores, dos colaboradores dentro e fora das quadras, da diretoria e do conselho. Estou muito feliz pela conquista, mas também por tudo que aconteceu: mantivemos um time competitivo e com a participação efetiva de nossos atletas da base." Agora a equipe francana volta às atenções para a disputa do Novo Basquete Brasil, uma das poucas competições que o time ainda não faturou ao longo de sua história. O primeiro compromisso do Touro é nessa quinta-feira, diante do Corinthians. Já o Paulistano estreia na competição nacional no próximo sábado, diante da equipe do Brasília.

Postagens Recentes
Arquivo
Procurar por tags

LARANJA PULSANTE

Informações e análises dos principais campeonatos estaduais, nacionais e internacionais de basquete.

Laranja Pulsante © 2019 | Todos os direitos reservados